Vereadores exigem resposta da PGM sobre programa de mecanização agrícola

Edição: Felipe Silveira
Foto: Mauro Artur Schlieck/CVJ

Informações: Jornalismo da CVJ

Após ausência da Procuradoria-geral do Município (PGM) à reunião da Comissão de Economia desta segunda-feira (4), os vereadores do colegiado vão exigir o encaminhamento de uma resposta do órgão ao edital do Programa Municipal de Mecanização Agrícola para a próxima reunião, no dia 18. Caso não seja apresentada, os vereadores prometem convocar a procuradora-geral Christiane Schramm Guisso.

“É inadmissível que sejamos tratados desta maneira”, disse o vereador Sidney Sabel (União Brasil). Descontentes com as entidades, os vereadores chamaram a atenção para a importância do projeto.

“Precisamos de comprometimento por parte da Procuradoria. Queremos lançar o edital logo para que esse programa possa retornar da melhor forma”, completou o presidente da comissão, Diego Machado (MDB).

O objetivo do Programa Municipal de Mecanização Agrícola é disponibilizar equipamentos e serviços destinados à conservação do solo e à lavoura, com fins de subsistência e comerciais, aos pequenos produtores rurais de Joinville. O programa foi inicialmente implantado em 2000 e consistia na realização de serviços agrícolas, tais como lavração, gradeação, semeadura e colheita mecanizada.