Joinville ganha novos equipamentos para coleta de resíduos comuns e recicláveis

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Prefeitura

Com o objetivo de promover a consciência e a educação ambiental, a prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra) e em parceria com a Ambiental, vai instalar novos equipamentos de coleta seletiva e de resíduos comuns, em diferentes pontos da cidade. Um deles é o Ecoponto, um local para entrega voluntária de material reciclável que já está instalado no pátio do Centreventos Cau Hansen desde o início da semana.

O Ecoponto é uma grande cabine com compartimentos específicos para o descarte de materiais classificados em plástico, papel, vidro e metal. Pilhas e baterias também podem ser descartadas no local. Já resíduos como guardanapos, papel higiênico, fraldas usadas, restos de alimentos e recipientes com líquidos devem ser destinados ao lixo comum para encaminhamento à coleta convencional.

Os materiais são coletados periodicamente pela Ambiental, empresa concessionária do serviço de coleta de lixo na cidade, e rateados entre as cooperativas oficializadas.

De acordo com a Seinfra, o Ecoponto tem por finalidade destinar corretamente o maior volume de material pós-consumo para as cooperativas e associações de triagem de material, contribuindo para os melhores resultados da reciclagem no município. Indicadores da Secretaria de Agriculta e Meio Ambiente (Sama) apontam que no último mês de janeiro, das 12 mil toneladas de resíduos domiciliares coletados em Joinville, apenas 596 toneladas, ou seja, 5,16%, foram destinadas à coleta seletiva.

“Estamos incentivando essa política efetiva de conscientização da população sobre a importância da reciclagem. Certamente, pelo menos 10% do que é aterrado hoje, em Joinville, poderia ser reciclado”, afirmou a diretora de serviços da Seinfra, Janaína Teixeira.

Do ponto de vista ambiental, os ecopontos podem fazer a diferença na melhor gestão de resíduos sólidos urbanos. Os equipamentos facilitam o descarte adequado dos resíduos recicláveis, reduzindo a exploração de novas matérias-primas e diminuindo a emissão de gás carbônico. Já no âmbito social, favorece o trabalho das cooperativas e associações de recicladores, contribuindo para a profissionalização, aumento de renda e melhores condições de vida dos trabalhadores do setor.

Mecanização

Além do Ecoponto no Centreventos Cau Hansen, a prefeitura inciou nesta semana a mecanização da coleta convencional, instalando 30 unidades de contentores, na região central da cidade. Neste momento, os equipamentos serão instalados em ruas como a Rio Branco, rua do Príncipe, Visconde de Taunay, 15 de Novembro, 9 de Março, entre outras no centro de Joinville.

Com capacidade para armazenar até mil litros de resíduos comuns, os contentores de lixo visam o armazenamento adequado dos rejeitos que ficam protegidos de situações externas como a aproximação de animas, produção de chorume ou, até mesmo, da ação do vento e da chuva. Disponíveis para toda a população, os contentores também irão beneficiar os estabelecimentos da região central, que poderão fazer o descarte correto dos seus resíduos, com segurança e higiene.