Prefeitura de Joinville institui Centro de Formação da Guarda Municipal

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Prefeitura

Nesta quinta-feira (16), o prefeito Adriano Silva sancionou a Lei Complementar 585/2021 e instituiu o Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Guarda Municipal de Joinville (CFTA). O órgão, que será vinculado à Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot), ficará responsável pela formação dos novos guardas municipais que ingressarem na corporação, bem como pela qualificação periódica que os profissionais recebem anualmente.

“A Guarda Municipal de Joinville deve se tornar referência para o Brasil. Com o centro de formação, nossos profissionais estarão sempre aptos às novas tecnologias, técnicas e práticas de segurança”, declarou o prefeito

De acordo com o secretário de Proteção Civil e Segurança Pública, Paulo Rogério Rigo, a unidade deverá entrar efetivamente em funcionamento já no mês de janeiro de 2022, com a formação dos novos servidores que serão convocados para integrar a Guarda Municipal.

“Vamos convocar 39 novos guardas municipais já aprovados em concurso público. Eles passarão pela segunda fase de formação, muito importante especialmente por conta do uso de armamento. Apenas na formação desse grupo, devemos economizar cerca de R$ 1 milhão com o CFTA”, afirmou o secretário.

Além da formação inicial, com duração de aproximadamente 670 horas, os guardas municipais recebem, anualmente, qualificações periódicas que envolvem temas como legislação, policiamento comunitário, além de defesa pessoal, uso de armamento e tiro policial.

Com a criação do CFTA, será elaborada uma grade adaptada às especificidades do município, a partir da matriz já utilizada. A formação será aplicada por servidores já atuantes no serviço público, com formação em áreas como Direito, e aptos a atuarem como instrutores.

Para o comandante da Guarda Municipal de Joinville, Eduardo Ferraz, a realização do processo de treinamento dentro da estrutura do município vai valorizar a formação dos profissionais que entrarão em atividade com conhecimento abrangente sobre a dinâmica de trabalho da corporação.

Como resultados do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento, o comandante destaca: “Será um ganho muito grande pois vamos formar guardas municipais de acordo com a realidade do nosso município, de acordo com a forma como nós já trabalhamos. Toda a experiência que adquirimos ao longo dos sete anos de atuação, já vamos transmitir para os novos servidores”.