Representante falta e comissão remarca debate sobre atendimento em hospital privado

Edição: Felipe Silveira
Foto: Mauro Artur Schlieck/CVJ
Informações: Jornalismo da CVJ

A ausência de representante do Hospital Geral Joinville na reunião extraordinária da Comissão de Saúde, na sexta-feira (10), impossibilitou o debate acerca de denúncias sobre a qualidade do atendimento. A comissão decidiu remarcar a discussão para a próxima quinta-feira (16), às 15h30. Além do hospital, a Secretaria Municipal de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde estão convidados para a nova data.

Proponente do debate, Ascendino Batista (PSD) relatou que a direção técnica do hospital tinha feito contato com o seu gabinete e se colocado à disposição para esclarecimentos. Porém, durante a reunião, o presidente da comissão, Kiko do Restaurante (PSD), informou que o hospital alegou que seu representante não compareceu por conta de um imprevisto.

Ascendino lamentou a ausência de um representante do hospital e declarou que é urgente e necessário um posicionamento da instituição de saúde para que os vereadores possam dar um retorno aos munícipes que trouxeram a reclamação.

A Comissão de Saúde também agendou uma reunião extraordinária para a próxima segunda-feira (13), às 14 horas. Para este encontro os vereadores têm na pauta o debate sobre os agendamentos e realização de exames no município de Joinville, e sobre a disparidade entre gratificações de profissionais de nível superior componentes da mesma equipe de saúde da família (ESF).