Rodrigo Coelho critica Bolsonaro: “Desrespeito com Santa Catarina”

Texto: Felipe Silveira
Foto: Redes sociais

O corte de quase R$ 40 milhões do orçamento do governo federal para Santa Catarina, que veio à tona em reportagen do Grupo NSC, pegou de surpresa e revoltou parlamentares do estado. Um deles foi o deputado federal Rodrigo Coelho (Podemos), um constante apoiador do presidente Jair Bolsonaro ao longo do primeiro mandato de ambos. Ele publicou um texto em uma rede social.

“Notícia que pegou a todos de surpresa, pois o compromisso assumido pelo Presidente Bolsonaro e o Ministro Tarcísio era outro. Esse corte no repasse de recursos revoltou todos. Uma decisão que prejudica muito nossa região e toda SC”, escreveu o joinvilense em uma rede social, em texto cujo título é “Desrespeito com Santa Catarina”, publicado na manhã de terça-feira (7).

Até o momento, os outros deputados com base eleitoral em Joinville — Coronel Armando (PSL) e Darci de Matos (PSD), que compõem a base do governo — não comentaram o caso. Outros políticos do estado, contudo, se manifestaram. O senador Espiridião Amin (PP), por exemplo, chegou a publicar um vídeo com seu posicionamento, retirado da participação em uma comissão do Senado.

“Politicamente é uma desconsideração com Santa Catarina. Mas do ponto de vista legal, uma exorbitância grave a legislação que versa sobre programação e execução do orçamento federal”.

Em sua manifestação, Rodrigo Coelho ainda disse que ele e os demais colegas parlamentares da bancada catarinense estão unidos pra reverter essa redução no orçamento. Ele ainda supôs que o presidente virá a Joinville para anunciar investimentos na BR-280 e em outras rodovias. Destacou que SC tem apenas 1% do território nacional e é o quinto estado que mais arrecada, de modo que não aceitaram o desrespeito com SC.