Movimentação de carga no porto de São Francisco do Sul cresce 25% em novembro

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Governo de SC

Somando as importações e exportações, o porto de São Francisco do Sul movimentou 902 mil toneladas de produtos no mês passado. O volume é 25% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando foram movimentadas 722 mil toneladas. Os dados foram divulgados pela autoridade portuária.

A importação foi responsável por 551 mil toneladas, o que representa 61% das mercadorias que passaram pelo complexo portuário do norte de Santa Catarina. Destaque para os produtos siderúrgicos, como barras e bobinas de aço, que somaram 310 mil toneladas, e fertilizantes, com 188 mil toneladas.

A carga exportada chegou a 351 mil toneladas (39% do total). A soja liderou com 175 mil de toneladas, seguido pelo milho (58 mil toneladas) e o setor de madeiras e celulose (25 mil toneladas).

“Este ano houve um crescimento expressivo na demanda pelo transporte marítimo em todo o país e estamos respondendo à altura”, explica o presidente do Porto de São Francisco, Cleverton Vieira.

“O planejamento e os investimentos em infraestrutura colaboraram para dar mais fluidez na movimentação de produtos, aumentando a competitividade de São Francisco, que tem recebido cargas de vários estados, inclusive de São Paulo”, disse, referindo-se às 20 mil toneladas de açúcar paulista que embarcaram para a África em novembro.

Dados gerais do porto

– Maior complexo portuário em movimentação de carga de Santa Catarina
– 3º melhor porto em desempenho do Brasil
– 4º lugar no ranking ambiental entre os 34 portos públicos brasileiros.
– 7º maior porto do Brasil em movimentação de carga geral.
– No comparativo da carga geral entre o primeiro semestre de 2020 e 2021, enquanto o aumento na média dos portos brasileiros foi de 19%, no Porto de São Francisco foi de 77%, segundo a Agência Nacional de Transportes Aquaviários
– Sete berços de atracação de navios, numa área de 244 mil m²