Em Brasília, Adriano se reúne com políticos e participa de eventos do governo

O prefeito Adriano Silva esteve com a agenda cheia durante a visita à capital federal, na terça e na quarta-feira (15). Ele se reuniu com parlamentares e participou de eventos. Além de apresentar demandas e projetos de Joinville a deputados e senadores catarinenses, o prefeito joinvilense insistiu na aprovação de mudanças no Código Florestal, em análise no Senado. Caso seja aprovada, a mudança abre brecha para o avanço de construções nas margens dos rios.

Na terça-feira, acompanhado pelos secretários Gilberto Leal (governo) e Thiago Boeing (comunicação), Adriano se reuniu com deputados. Além dos três joinvilenses — Coronel Armando (PSL), Darci de Matos (PSD) e Rodrigo Coelho (Podemos) —, ele se reuniu com parte da bancada do seu partido, o Novo. Já na quarta, o roteiro foi no Senado, no Palácio do Planalto e no Ministério da Infraestrutura.

Pela manhã, o prefeito, acompanhado do secretário de habitação, Rodrigo Andrioli, participou de evento no Palácio do Planalto. O governo anunciou mudanças no programa Casa Verde e Amarela, como aumento no subsídio para custear a entrada dos imóveis, a implementação de taxa de juros de 4,5%, a ampliação na parceria com os municípios e a alteração no valor do teto do valor dos imóveis elegíveis para o programa.

Embora faça parte do trabalho de um prefeito, a participação no evento do governo federal também sinaliza a proximidade de Adriano Silva a Jair Bolsonaro, demonstrada mais fortemente de um ano para cá. O presidente que boicotou a compra de vacinas, prejudicou a prevenção à covid-19 e mergulhou o país em um caos econômico conta com ampla rejeição, mas foi bem recebido e defendido pelo prefeito de Joinville.

Um dos principais temas da visita de Adriano à Brasília foi a mudança no Código Florestal, em análise no Senado. Ele conversou Dário Berger (MDB), Esperidião Amin (PP) e Jorginho Mello (PL) sobre a mudança. “Tenho convicção que poderemos contar com o apoio dos senadores catarinenses para esta questão, que impacta diretamente Joinville e tantos outros municípios de Santa Catarina”, disse o prefeito acerca da mudança bastante criticada por ambientalistas.

As limitações impostas pela Lei Complementar 173/2020, que limita as despesas dos municípios que utilizaram recursos destinados pelo Governo Federal para gestão da pandemia, também foi um ponto debatido com os senadores. “A realidade de cada cidade é muito diferente e deve ser considerada em medidas tão amplas e que impactam diretamente o potencial de crescimento e desenvolvendo dos municípios”, concluiu Adriano.

Prefeito Adriano Silva e secretário Rodrigo Andrioli participam de evento no Palácio do Planalto

Repasse catarinense

A convite do governador Carlos Moisés, o prefeito Adriano Silva participou da solenidade de assinatura do Termo do Cooperação entre o governo de Santa Catarina e o governo federal para execução de obras em rodovias, realizado no Ministério da Infraestrutura, com a presença do ministro Tarcísio Gomes de Freitas. O ato formaliza o investimento de recursos na ordem de R$ 465 milhões por parte da gestão estadual para as obras das BRs 280, 470, 163 e 285.

Edição: Felipe Silveira
Fotos e informações: Prefeitura