Comissão de Educação aprova cessão de professores a entidades assistenciais

A Comissão de Educação aprovou na sexta-feira (10) quatro projetos de lei que autorizam convênios da Secretaria de Educação com entidades assistenciais. Os projetos de leis ordinárias 184/2021, 185/2021, 186/2021 e 187/2021 tratam, respectivamente, de convênios com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Joinville (Apae), com a Associação Para Integração Social de Crianças e Adultos Especiais (Apiscae), com a Associação Joinvilense para Integração dos Deficientes Visuais (Ajidevi) e com a Associação de Amigos do Autista (Ama).

Os projetos, de autoria do executivo, permitem que o município possa ceder servidores públicos para as associações. São sete professores para a Apae, dois professores para a Apiscae, dois professores para a Ajidevi e dois professores para a Ama. Os textos ainda passarão pela análise da Comissão de Finanças antes de serem votados em plenário.

Para o presidente da Comissão de Educação, Brandel Junior (Podemos), as associações exercem um papel importante no atendimento das pessoas com deficiência. De acordo com a vereadora Ana Lúcia Martins (PT), já é prática da prefeitura ceder servidores para atuar em áreas que seriam de sua atribuição. “Não tem como ser contrário a esses projetos, levando em conta a demanda, mas precisamos avançar no atendimento. Ainda há fila de espera”, lembrou a vereadora.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Mauro Artur Schlieck/CVJ
Informações: Divisão de Jornalismo da CVJ