Prefeitura de Joinville alinha compra do Prédio Verde e visa demolição

Nesta quinta-feira (2), o prefeito Adriano Silva assinou os Decretos de Utilidade Pública relacionados aos imóveis do Edifício Nove de Março, popularmente conhecido como Prédio Verde. “Nossa intenção é realizar a compra dos apartamentos para proceder com a demolição do edifício, que dará lugar a melhorias de mobilidade para a região central de Joinville”, explicou o prefeito.

O prédio, que fica localizado na esquina da avenida Dr. Paulo Medeiros com a rua Nove de Março, foi construído entre os anos de 1955 e 1960. Na época, o curso do rio não ficava tão próximo ao prédio como agora. Por este motivo, a construção foi realizada de forma regular. Em 2016, o prédio foi interditado para avaliar questões estruturais, mas liberado posteriormente por apresentar condições seguras de habitação.

No início deste ano, os moradores realizaram uma reunião com a vice-prefeita Rejane Gambin para relatar o histórico da situação do edifício. Desde então, a prefeitura de Joinville realizou diversos encontros para avançar na negociação, uma vez que o espaço estava mapeado como área de interesse da gestão municipal.

Com a publicação dos decretos, a prefeitura dará andamento no processo de avaliação de cada um dos 12 apartamentos e da sala comercial, para que seja realizada a aquisição dos imóveis. Em seguida, os moradores deixarão o local e a estrutura será demolida.

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Prefeitura