Rede de supermercados e MST doam 33 toneladas de alimentos para Joinville

Nesta semana, a rede de supermercados Condor e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) vão doar 33 toneladas de alimentos para Joinville. As 20 toneladas doadas pelo Condor foram entregues na terça-feira (10) à Prefeitura de Joinville, que distribuirá os alimentos por meio da Secretaria de Assistência Social.

Já a entrega das 13 toneladas do MST será feita em um ato na sexta-feira (13), às 13h30, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Joinville. Os alimentos serão distribuídos a grupos e comunidades atendidas pelo Comitê Popular Solidário de Joinville contra o Coronavírus que, junto ao MST e à União Sindical de Joinville, realizam a ação solidária.

Joinville receberá do MST produtos de cooperativas, assentamentos e acampamentos da reforma agrária de doze municípios. Na variedade produzida pelas mãos de camponeses e camponesas estão leite, feijão, abóbora, aipim, batata doce, batata salsa, beterraba, cabutiá, cenoura, repolho, pães, bolachas, mel, banana, maçã, tangerina, ervas medicinais, para preencher a barriga e alegrar o coração. Desde o princípio da pandemia, o movimento já doou mais de cinco mil toneladas de alimentos em todo país.

A doação de terça-feira foi a segunda realizada pelo Condor à cidade. Os alimentos são destinados para serviços de acolhimento de crianças, idosos, pessoas com deficiência e também auxiliam entidades que recebem pessoas em situação de rua, por exemplo, a comunidade Eis-me Aqui e a Casa de Passagem Vó Joaquina.

Desde abril deste ano, a Prefeitura de Joinville realiza a Campanha Doses de Bondade. A doação do alimento não é obrigatória, mas quem quiser, pode deixar o donativo em uma das caixas da campanha, após receber a vacina contra a covid-19. Até o momento, entre doações da comunidade e de empresas, mais de 60 toneladas de alimentos foram arrecadadas e distribuídas.

Entrega de alimentos foi feita na terça-feira

Texto: Felipe Silveira
Fotos: Divulgação