Novo ato ‘Fora Bolsonaro’ está marcado para o dia 19

Uma nova manifestação contra Jair Bolsonaro está marcada para o dia 19 de junho em todo o Brasil. Em Joinville, será na Praça da Bandeira, às 10 horas. Desta vez, uma passeata está marcada previamente. Na primeira, no dia 29 de maio, ocorreu por decisão de parte dos manifestantes ao final do encontro.

Segundo a organização, “o objetivo do ato é levar para as ruas a indignação crescente da população contra o governo genocida e corrupto de Bolsonaro”. A palavra de ordem é o ‘Fora Bolsonaro’, ancorada em um conjunto de pautas: vacinação contra a covid pelo SUS, testagem em massa da população e a retomada do auxílio emergencial de R$ 600.

Os detalhes do encontro foram decididos em plenária virtual do Comitê Fora Bolsonaro, grupo que reúne movimentos sociais, sindicatos e partidos de esquerda. Eles se reuniram no sábado (5) para acertar os detalhes do evento em Joinville. Divulgada pelas redes sociais de membros do comitê, a plenária foi aberta ao público.

Outros temas são mencionados pelos organizadores, como a luta contra todas as privatizações e a reforma administrativa do governo federal, assim como o movimento dos estudantes contrários aos cortes no orçamento da educação. Realizada no Mês do Orgulho LGBTQIA+, o ato contra Bolsonaro em Joinville terá como umas de suas pautas a luta contra a LGBTfobia. Os movimentos de Joinville também aprovaram a luta contra a reforma da previdência do prefeito Adriano Silva como uma das pautas da manifestação.

No dia 29 de março, centenas de milhares de pessoas foram às ruas para protestar contra o presidente brasileiro. As manifestações mais expressivas foram em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas os protestos massivos foram espalhados por todo o Brasil. Em Santa Catarina, o destaque foi para Florianópolis, que reuniu milhares de pessoas. O estado registrou encontros em todas as regiões.

Protocolos sanitários

A exemplo do que aconteceu na última manifestação, o ato do dia 19 de junho está sendo organizado observando os protocolos sanitários de prevenção à covid-19. O uso de máscaras é obrigatório e a coordenação do evento organizará o distanciamento social durante a manifestação, além da higienização com álcool em gel.

Máscaras do modelo PFF2 — que são mais seguras e podem ser compradas em qualquer loja de equipamentos de proteção — são recomendadas. A organização vai distribuir algumas para os participantes. No dia 29, mais de 200 máscaras desse tipo foram entregues pelo Comitê Fora Bolsonaro em Joinville.

Outra forma de se proteger, no caso da falta de PFF2, é o uso de duas máscaras: uma do tipo cirúrgica, por baixo, e uma de tecido mais comum por cima. A cirúrgica garante a filtragem do ar enquanto a de tecido ajuda a garantir a vedação mais adequada.

Ainda cabe destacar que a manifestação ocorre em local aberto, o que reduz consideravelmente o risco de contágio pelo coronavírus. A situação mais perigosa para o contágio é o local fechado e pouco ventilado.

Veja como foi o primeiro ‘Fora Bolsonaro’


Texto: Felipe Silveira
Foto: Cedida por Alex Sander Magdyel