Comitê Solidário comemora um ano de atividades com live nesta sexta-feira

O Comitê Popular Solidário de Joinville contra o Coronavírus realiza na próxima sexta-feira (14), a partir das 19 horas, uma live em suas redes sociais para marcar um ano de suas atividades. A transmissão ao vivo contará com a participação de uma série de convidados, que vão tratar de temas como vacinação, auxílio emergencial estadual, fome e saúde mental no contexto da pandemia e apoio às vítimas da covid-19.

Receba notícias pelo Whatsapp

A live será transmitida na página do comitê no Facebook e em seu canal no Youtube. Participam da transmissão especialistas e parlamentares, como Josimari Telino, professora do Departamento de Saúde Pública da UFSC; Rogério Giannini, do Conselho Nacional de Direitos Humanos; Debora Oliveira, da direção executiva da Abong; e os parlamentares Pedro Uczai, deputado federal, e Luciane Carminatti, deputada estadual, ambos do PT.

Fundado em maio de 2020, o Comitê Popular Solidário de Joinville é formado por organizações populares e sindicais, partidos políticos, coletivos sociais, culturais e de defesa dos direitos humanos. Tem um ano de atividades de promoção da ciência, de defesa da vida e de solidariedade às populações em situação de vulnerabilidade social em Joinville.

Há um ano, o comitê tem promovido uma série de iniciativas de promoção da vida e da justiça social, como a distribuição de mais de 10 toneladas de alimentos, além de ações judiciais pela garantia do direito à vida e a realização de debates online acerca da pandemia em Joinville.

Para Guilherme Luiz, dirigente do PSOL e integrante do comitê, a live é um momento para reconhecer e agradecer a solidariedade da população de Joinville e para celebrar a unidade de organizações, movimentos e partidos que compõem o grupo.

“Não são tempos fáceis e é extremamente importante o trabalho que o comitê vem facilitando. Sabemos que não há nada a comemorar, porque já perdemos mais de 1.300 joinvilenses para o vírus e vemos todos os dias chamados de nossos irmãos e irmãs pedindo por comida na mesa. E é por isso que através da live vamos reafirmar nosso compromisso político e social: a gente junto vai sair dessa situação e vamos, em unidade popular e solidária, construir dias melhores”, disse.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Comitê Solidário