Nova fase do governo terá resgate de projetos importantes, diz Carlos Moisés

De volta ao governo de Santa Catarina após absolvição em processo de impeachment, Carlos Moisés reuniu os secretários (muitos voltaram às pastas com o retorno do governador) na manhã de sábado (8) para traçar os novos rumos do estado. Durante a reunião, ele determinou determinou que os titulares de cada secretaria façam uma atualização do setor para resgatar projetos importantes, corrigir e aprimorar o que for necessário e acelerar entregas pelo estado. Ações de enfrentamento à pandemia, continuidade do plano de imunização e projetos de auxílio emergencial também foram pautas da reunião.

“Temos um time empenhado e, reconhecidamente, responsável pelos bons resultados da gestão estadual. Vamos, agora, retomar com força total os projetos importantes e acelerar as entregas do governo à população. Neste momento, os secretários vão entender e se inteirar dos movimentos que ocorreram e, a partir das informações, tirar do papel obras e ações com a maior agilidade”, frisou o governador.

Uma das ações prioritárias, segundo o governador, será resgatar projetos importantes lançados antes do afastamento. É o caso do auxílio emergencial a empresários. O diálogo com a Assembleia Legislativa será no sentido de agilizar a operacionalização do crédito a empreendedores que tiveram os negócios fortemente afetados pela pandemia. O governo prevê o aporte de R$ 250 milhões para financiamentos com juros pagos pelo estado.

Quanto ao auxílio emergencial para pessoas físicas em vulnerabilidade social, o governador assegurou que a medida será estudada e, se for necessário, reformulada para atingir sua eficácia e maior capilaridade. “Da forma como está, a medida exclui quem recebe algum tipo de auxílio do governo federal, o que no nosso entendimento reflete grande parte da população de Santa Catarina”, aponta Carlos Moisés. Técnicos da Secretaria da Fazenda devem se reunir na terça-feira para iniciar os trabalhos de análise, destacou o secretário Paulo Eli.

Carlos Moisés destacou, ainda, que a aproximação com os municípios será fortalecida. “Nós somos um governo com a característica de ser municipalista e queremos estar ainda mais perto dos prefeitos, parceiros das realizações que impactam positivamente a vida dos catarinenses em suas cidades”. Para isso, uma das formas de atuação do estado será por meio da transferência de recursos aos municípios para a realização de obras. Processo que, segundo o governador, também será intensificado.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Peterson Paul/Governo de SC
Informações: Governo de SC