Projetos da reforma da previdência estão oficialmente em tramitação

Foram lidos em plenário, na segunda-feira (1), os projetos de lei de reforma na previdência social dos servidores públicos municipais de Joinville. São três projetos, de autoria do Executivo, que devem ser votados e aprovados pelos vereadores para que a reforma passe a valer: o Projeto de Lei Complementar 8/2021, o Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal 3/2021 e o Projeto de Lei Ordinária 23/2021.

Os vereadores repercutiram o assunto na sessão ordinária de segunda. Alisson Julio (Novo) afirmou que a reforma da previdência é importante para que o município não tenha recursos federais bloqueados.

O vereador Cassiano Ucker (Cidadania) prometeu um pedido de informação à Prefeitura sobre a possibilidade de o município entrar com ação judicial para que não haja bloqueio de Certificado de Regularidade Previdenciária, caso o perca. Cassiano considera arriscado aprovar a reforma da previdência nesse momento.

“Não podemos correr risco de greve dos servidores municipais em plena pandemia. Os hospitais já não têm equipes suficientes. O projeto tem que ser discutido com tempo e calma com os servidores”, afirmou.


Edição: Felipe Silveira
Fotos: Mauro Artur Schlieck/CVJ
Informações: Divisão de Jornalismo da CVJ