Câmara de Vereadores de Joinville anuncia redução de gastos

Os veredores Maurício Peixer (PL), Tânia Larson (PSL) e Érico Vinícius (Novo), presidente, vice-presidente e primeiro-secretário da Câmara, respectivamente, anunciaram na manhã desta terça-feira (2), durante coletiva de imprensa realizada no plenarinho, uma série de medidas administrativas para redução de gastos em 2021.

A principal economia virá da extinção das diárias pagas a vereadores por suas viagens. Servidores de carreira terão os critérios de concessão de diárias revistos, mas não podem tê-las extintas por força da legislação trabalhista. A estimativa é que o corte, para vereadores, e a redução, para servidores, gerem R$ 1,5 milhão de economia.

Receba notícias pelo Whatsapp

Outra redução já contabilizada é no contrato de celulares corporativos. Em 2020, eram 40 linhas e aparelhos. Em 2021, são apenas 30 linhas e aparelhos. A redução foi de apenas 25% de um ano para outro por conta da legislação aplicada a contratos já vigentes e por conta da multa rescisória prevista no contrato atual. Em 2022, contudo, com um novo contrato, essa redução será ainda maior, pois os 19 vereadores já se comprometeram em não aceitar celulares corporativos.

Os vereadores da Mesa Diretora anunciaram nesta manhã também uma economia de R$ 190 mil no contrato de locação de automóveis. Inicialmente, seriam três veículos neste ano. Só que, após conversa, a locadora aceitou amigavelmente o corte contratual de um automóvel.

Outro corte anunciado é na verba de gabinete. Ao longo de toda a 19ª legislatura (2021-2024), cerca de R$ 2,7 milhões deixarão de ser gastos com materiais de expediente, correios e insumos cotidianos. Até agora, cada gabinete recebia até R$ 3 mil por mês. Esse dinheiro, contudo, não era administrado diretamente pelos vereadores, mas, sim, pela direção-geral da Câmara. Essa verba também não era usada para pagamento de salários de assessores, uma vez que o orçamento da Câmara já tem dotação específica para isto.

Outras medidas de austeridade, informou Maurício Peixer, continuam sendo estudadas pelas diretorias e devem ser anunciadas em breve.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Mauro Artur Schlieck/CVJ
Informações: Divisão de Jornalismo da CVJ