Mauro de Nadal, do MDB, é eleito presidente da Alesc

Os deputados estaduais de Santa Catarina elegeram a nova mesa diretora da Assembleia Legislativa (Alesc) na tarde desta segunda-feira (1º), em votação aberta e sessão semipresencial. O deputado Mauro de Nadal (MDB) foi escolhido como presidente do próximo biênio. A chapa única na disputa foi eleita por unanimidade, com os 39 votos dos deputados presentes.

Receba notícias pelo Whatsapp

Além de Nadal, a nova mesa diretora é formada pelos deputados Nilso Berlanda (PL), como 1º vice-presidente; Kennedy Nunes (PSD), 2º vice-presidente; Ricardo Alba (PSL), 1º secretário; Rodrigo Minotto (PDT), 2º secretário; Padre Pedro Baldissera (PT), 3º secretária e Laércio Schuster (PSB), como 4º secretário.

A sessão, que durou aproximadamente 30 minutos, foi presidida pelo deputado Romildo Titon (MDB), que detém, entre os 40 parlamentares, o maior número de legislaturas completas na Alesc. O deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB) apresentou a única candidatura à presidência, a de Mauro de Nadal, por meio de um ofício assinado pelos líderes dos doze partidos com representação na assembleia. Assim, Nadal passou a ser o 50º deputado a chefiar o Legislativo catarinense na era republicana.

Nadal foi declarado eleito com 38 votos. Com problemas técnicos, a deputada Ada Faraco de Luca (MDB), que participaria remotamente da sessão, não conseguiu votar. Também não participou o ex-presidente e deputado Julio Garcia (PSD), preso recentemente em operação da Polícia Federal e afastado do mandato.

“Recebo com imensa responsabilidade a missão de presidir essa Casa, num momento singular de Santa Catarina”, afirmou Nadal, no início de seu primeiro pronunciamento como presidente da Alesc. “Assumo está missão na condição de deputado e como servidor público, que por isso deve servir à sociedade, ao maior número de pessoas e com a energia que nos motiva a fazer o melhor pelo estado.”

O novo presidente destacou os desafios impostos pela pandemia da covid-19 e interrompeu seu discurso para homenagear, com um minuto de silêncio, as vítimas do vírus. “O novo coronavírus foi além, tornou a vida de todos cada vez mais difícil. Em meio a esse cenário desanimador, precisamos buscar força para buscar forças e superar esse momento”, ressaltou.

O deputado ressaltou que a sociedade catarinense cobra melhorias na gestão, ações pela retomada da economia em função da pandemia, saúde e investimentos em infraestrutura. “Valorizo nossa condição como políticos, de trazer as ideias da base e transformá-las em coisas produtivas para os catarinenses. Asseguro que todos terão importância fundamental para o sucesso dessa presidência. Pensamentos e ideologias são diferentes, mas nossa caminhada é una, para frente, unidos na busca pelo crescimento e pelo bem de Santa Catarina”, completou.

Nova mesa diretora da Alesc conta com o joinvilense Kennedy Nunes – Foto: Rodolfo Espínola/Alesc

Biografia

Mauro de Nadal nasceu em Caibi, no Extremo Oeste catarinense, 17 de outubro de 1971. Aos 6 anos, mudou-se com os pais para Cunha Porã, na mesma região, onde fixou residência. Em 1996, formou-se em Direito pela Unoesc de Chapecó. Ele também cursou a Escola de Magistratura e especializou-se em Gestão Pública.

Mauro de Nadal é o 50º deputado a ocupar a presidência da Alesc – Foto: Rodolfo Espínola/Alesc

A vida pública de Nadal teve início nos anos 1990, quando atuou como assessor jurídico da bancada do MDB na Alesc. Em 2000, candidatou-se a prefeito de Cunha Porã pelo MDB e foi eleito com 3.796 votos. Em 2004, reelegeu-se ao cargo, com 3.620 votos.

Em 2009, quando deixou a Prefeitura de Cunha Porã, assumiu o cargo de secretário de Estado de Desenvolvimento Regional de Palmitos. Em 2010, licenciou-se para se candidatar, pela primeira vez, a deputado estadual. Obteve 33.330 votos pela coligação formada por DEM, PMDB, PRP, PSC, PSDB, PSL, PTB e PTC, e ficou com a segunda suplência.

Em 2011, foi convocado para assumir uma cadeira na Alesc. Em 2013, com a eleição do deputado Cesar Souza Junior para a Prefeitura de Florianópolis, Nadal foi efetivado no cargo de deputado estadual. Nadal foi reeleito para o Parlamento estadual em 2014 (54.110 votos) e 2018 (42.507 votos). Nesse período, ocupou a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por três anos (2013, 2014 e 2016) e foi líder da bancada do MDB. Em 2019, foi eleito para a 1ª Vice-Presidência da Assembleia, cargo que ocupou até 31 de janeiro deste ano.


Texto: Felipe Silveira
Foto no topo: Bruno Collaço/Alesc
Informações: Alesc