Com Vampiro na Educação, MDB entra no governo de Carlos Moisés

O deputado estadual Luiz Fernando Vampiro (MDB) aceitou o convite feito pelo governador Carlos Moisés e assumirá o comando da Secretaria de Estado da Educação. O parlamentar já tem realizado reuniões com o atual secretário, Natalino Uggioni, e servidores da pasta para tomar conhecimento de projetos em andamento e trocar informações com as equipes. A data da posse ainda será definida.

Os flertes entre Carlos Moisés e o partido mais forte de Santa Catarina, o MDB, começaram antes mesmo da eleição do desconhecido bombeiro ao governo catarinense. Em um segundo turno entre Moisés e Gelson Merisio (PSD), parte do partido apoiou o primeiro.

O namorico teve sequência no início da gestão, com parte do nove deputados do partido compondo a base do governo. Mas as relações do governador com a Alesc se tornaram ruins ao ponto de quase haver impeachment de Carlos Moisés no segundo semestre de 2020.

Receba notícias pelo Whatsapp

Salvo pelo gongo, Carlos Moisés passou a fazer política de modo diferente. Passou a viajar mais e privilegiar as relações políticas. Logo na retomada, em novembro, nomeou Eron Giordani para chefiar a Casa Civil. Ligado ao PSD, Giordani era o braço direito de Julio Garcia até então. Na semana passada, com a nomeação do deputado Altair Silva para a Agricultura, Moisés levou o PP ao governo. Agora, com Vampiro, foi a vez de o MDB embarcar.

Natural de Criciúma, o futuro secretário tem 47 anos, formação em Direito e experiência em Gestão Pública. Essa é a segunda vez que Luiz Fernando Vampiro ocupa o cargo de secretário estadual. Entre janeiro de 2017 e março de 2018, esteve à frente da pasta de Infraestrutura. Antes, também foi secretário de Desenvolvimento Regional em Criciúma.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Rodolfo Espínola/Alesc