SC recebe 126 mil doses da CoronaVac e deve começar vacinação nesta segunda

Aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na tarde de domingo (17), a vacina CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, começou a ser distribuída aos estados nesta segunda-feira (18). Santa Catarina recebeu 126 mil doses, que serão distribuídas aos municípios pelo governo do estado. Além dessa carga, Santa Catarina vai receber mais 17,4 mil doses exclusivas para a população indígena.

Receba notícias pelo Whatsapp

O governo realiza o ato que marca o início da vacinação às 17 horas, na sede da Defesa Civil, em Florianópolis. Participam da solenidade o governador Carlos Moisés, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e o presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Clenilton Carlos Pereira, representando as 295 prefeituras de Santa Catarina.

Carlos Moisés frisou que, mesmo com a chegada da vacina, é necessário manter os cuidados preventivos e evitar a contaminação. Cabe frisar que cuidados preventivos são o uso de máscara, a higienização frequente das mãos e o distanciamento social. Não há tratamento precoce para a covid-19, como frisaram os diretores da Anvisa durante a aprovação da vacina.

“Toda a nossa rede de saúde e logística já está mobilizada para dar início à imunização em Santa Catarina. A autorização da Anvisa para uso emergencial das vacinas é uma conquista muito importante. Mas esse é apenas o passo inicial de um processo que ainda vai requerer que tenhamos muita responsabilidade até chegar ao estágio em que estaremos todos imunizados. Precisamos seguir nos cuidando”, ressaltou o governador.

O secretário André Motta Ribeiro, que representou o governo catarinense em ato dos governadores com o ministro Eduardo Pazuello em São Paulo, classificou o dia como histórico para o Brasil e para Santa Catarina. “Estamos iniciando a maior campanha de vacinação da história”, informou.

A vacinação estava prevista para os próximos dias, mas o governo federal acelerou a distribuição e autorização a vacinação porque o governador de São Paulo, João Doria, deu início à vacinação após a aprovação pela Anvisa. A enfermeira Monica Calazans foi a primeira brasileira a receber a vacina no Brasil.

O governo catarinense também frisou que mais de 5,3 milhões de unidades, entre seringas e agulhas, já foram encaminhadas aos municípios. Além disso, no estoque geral da Secretaria de Estado da Saúde, há mais de 7 milhões de itens.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC
I
nformações: Governo de SC