Marcel Virmond Vieira será o titular do Desenvolvimento Sustentável

O arquiteto e urbanista Marcel Virmond Vieira será o titular da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud). Servidor concursado, já foi diretor executivo do Ippuj (atual Sepud) e da Seplan. Também foi consultor na extinta Secretária de Desenvolvimento Regional (SDR).

Receba notícias no Whatsapp
Veja outros nomes anunciados

Marcel é especialista em desenvolvimento urbano e em gerenciamento ambiental. Professor de diversas cadeiras dos cursos de arquitetura e urbanismo e design de interiores, foi aluno do arquiteto e urbanista Jaime Lerner (ex-governador do Paraná) e fez estágio na Câmara de Artes e Ofícios de Munique e Alta Baviera. Também já participou de missão técnica sobre redes de equipamentos públicos de saúde em Paris, na França, e de sistemas de transporte coletivo BRT, na Colômbia.

Entre os projetos arquitetônicos assinados para a iniciativa privada estão clientes como Embraco, Tupy, Salfer e Ciser. Também tem projetos institucionais, como teatros, Centreventos, Escola Bolshoi, estações e escolas. Tem experiência na criação e gestão de planos de financiamento como BNDES, Fonplata, BID, Prodetur Sul, Costa do Encanto, PROEP, Badesc e Vale Verde.

Para a condução da secretaria, Marcel considera a reestruturação do planejamento físico territorial do desenvolvimento urbano de Joinville de forma integrada, transversal e multidisciplinar, com o olhar voltado para uma cidade mais humana, inteligente, sustentável e próspera.

O secretário defende a necessidade de resgatar e reconstruir os grupos integrados de planejamento abrangendo infraestrutura, trânsito, segurança e meio ambiente envolvendo operadores, concessionários de serviços e usuários. Ao mesmo tempo, resgatar o relacionamento com as instâncias de planejamento estaduais e federais e o relacionamento com os bancos de fomento para poder alavancar os recursos para implantação de obras estruturantes.

Em relação aos conselhos, aponta a necessidade de reduzir a pauta de questões operacionais e executivas para que possam desempenhar o papel de auxiliares no desenvolvimento das políticas públicas. “Precisamos reduzir a burocracia, automatizar procedimentos e ampliar a autonomia ao cidadão em licenciamentos para trazer um maior número de empreendedores para a formalidade”, acrescentou.

Marcel é filho do advogado Carlos Adauto Virmond Vieira, advogado que produzia textos contra a ditadura militar sob o pseudônimo Charles D?Olenger, apelidado de Charlot. Ele foi preso pelos militares golpistas em diferentes ocasiões. Em 2012, o prefeito Carlito Merss inaugurou a Passarela Charlot, em homenagem ao advogado.


Edição: Felipe Silveira
Fotos: Jass Arquitetos
Informações: Assessoria de Adriano Silva