Prefeitura emite novo decreto para permitir música ao vivo em bares

Nesta sexta-feira (4), a Prefeitura de Joinville emitiu o Decreto 40.055, que redefine algumas medidas para enfrentamento à covid-19. As novas regras flexibilizam as medidas restritivas publicadas em decreto que entrou em vigência na quarta-feira (2). As principais mudanças aplicam-se a bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres e, também, referem-se à limitação do número de pessoas em áreas de comércio varejista.

Com o novo decreto, fica permitida (a partir da data da sua publicação) a realização de músicas ao vivo em bares, restaurantes, lanchonetes e similares, desde que os clientes permaneçam sentados, sem interações do público em pé.

As demais normativas vigentes para o segmento permanecem as mesmas: o funcionamento é permitido das 6 às 23 horas, sendo vedada a entrada de novos clientes após esse horário; o atendimento é limitado a 30% da capacidade total de público do local; as áreas de recreação infantil e playground devem permanecer fechadas; cada mesa poderá comportar no máximo quatro clientes, sendo respeitado o distanciamento de um metro entre as pessoas.

Circulação limitada de pessoas

A outra nova medida apresentada no Decreto 40.055 estabelece que, a partir de segunda-feira (7), será proibido o ingresso e a circulação de clientes em grupos de duas pessoas ou mais, em estabelecimentos de comércio varejista de gêneros alimentícios. A medida será válida pelo período de nove dias, a partir do início da sua vigência.

Crise

Os decretos desta semana levam em conta o agravamento da crise sanitária causada pela pandemia de coronavírus. No momento, a cidade tem 4.452 casos ativos de pacientes com a doença. Desses, 99 estão em leitos de UTI, nas redes pública e privada. Ainda há 508 pessoas internadas em leitos de enfermaria. A ocupação dos leitos públicos de UTI (adultos) está em 95%.


Edição: Felipe Silveira
Fotos: Governo de SC
Informações: Prefeitura