Soma de abstenção, brancos e nulos bate recorde em Joinville

O aumento dos casos de covid-19, o dia de sol que fez em Joinville e o sentimento antipolítica elevaram novamente o número de abstenções em Joinville.

No total, 114.457 pessoas deixaram de comparecer aos locais de votação, o que representa 28,36% do eleitorado da cidade. Somando 8.328 (2,88%) votos em branco e 18.679 (6,46%) votos nulos, chega-se ao recorde de 141.464 eleitores que deixaram de escolher um dos candidatos.

A soma de abstenção, brancos e nulos ficou muito próxima da votação de Adriano Silva, o prefeito eleito pelo partido Novo. Ele conquistou 145.269 votos (55,43% dos votos válidos). Já Darci de Matos (PSD) recebeu 116.793 votos (44,57% dos votos válidos).

Para dar uma ideia do tamanho desse número, a abstenção na eleição de 2016 foi de 10,52%, com 39.179 pessoas deixando de votar no segundo turno. No primeiro turno, o número foi ainda menor, com 31.550 faltantes, que representou 8,47% do total de eleitores.

Dos 403.526 pessoas aptas a votar em Joinville, 289.069 compareceram à urna.


Texto: Alexandre Perger
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil