Adriano Silva é eleito em Joinville e será o único prefeito do Novo no Brasil

Aos 42 anos e pela primeira vez na disputa a um cargo público, o empresário Adriano Silva (Novo) foi eleito prefeito de Joinville neste domingo (28). Ele disputou o segundo turno com o deputado federal Darci de Matos (PSD). Com 100% das urnas apuradas, Adriano Silva (Novo) conquistou 145.269 votos (55,43%). Darci de Matos (PSD) recebeu 116.793 votos (44,57%).

O joinvilense será o único prefeito do partido Novo em todo o Brasil. Registrado em 2015, o partido não venceu prefeituras em 2016. Em 2018, elegeu deputados estaduais, federais e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema. Em 2020, elegeu vereadores pelo país, mas quase passou em branco na disputa ao Executivo. Foi salvo pela arrancada de Adriano Silva.

Adriano Silva foi um dos 15 concorrentes à prefeitura de Joinville. Metade das candidaturas nunca teve chance, considerando o contexto econômico e outros fatores que influenciam na decisão do eleitor, mas a disputa pela vaga no segundo turno foi dura. Darci de Matos era o franco favorito e já contava com uma vaga. Restava brigar pela segunda vaga, sendo que o deputado estadual Fernando Krelling (MDB) era o mais cotado para preenchê-la.

Adriano foi crescendo durante a campanha e chegou “embolado” com Fernando Krelling (MDB) no primeiro turno. Todos os olhares estavam voltados para a disputa entre os dois jovens políticos. E Adriano conseguiu superar o emedebista, que tinha a rejeição do atual governo colada a ele, já que o MDB governou a cidade nos últimos oito anos. No primeiro turno, Fernando Krelling conquistou 48.886 votos (18,50%), Adriano Silva conseguiu 60.728 votos (22,98%) e Darci de Matos recebeu 66.838 votos (25,30%).

Superando Fernando Krelling, Adriano Silva passou de azarão a favorito, já que as pesquisas indicavam uma rejeição maior a Darci de Matos. O candidato do PSD seria favorito contra Krelling, mas não tinha muitas ferramentas para bater o candidato do Novo. Insistiu que era um empresário e tentou relacionar Adriano ao prefeito Udo Döhler. Não adiantou. As pesquisas do segundo turno logo indicaram a vantagem de Adriano.

Adriano, de fato, é empresário de uma tradicional família joinvilense, do ramo farmacêutico. Comanda a empresa Catarinense Pharma (antigo Laboratório Catarinense), fundada pelo bisavô. Além de empresário, Adriano Silva é um bombeiro voluntário que se envolveu em algumas causas sociais ao longo da vida, o que certamente contribuiu para fortalecer sua imagem na campanha eleitoral de 2020.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Facebook de Adriano Silva