Alisson Julio recebe ameaças de morte; Ana Lucia recebe novas ameaças

Na semana passada, o vereador eleito Alisson Julio (Novo), o mais votado de Santa Catarina, foi um dos primeiros nomes públicos a prestar solidariedade à vereadora eleita Ana Lucia Martins (PT), que sofreu ameaças de morte com motivação racista. Por causa disso, nesta semana ele foi o ameaçado.

Por e-mail, recebeu xingamentos, discriminação por sua deficiência (Alisson é o primeiro cadeirante eleito à câmara) e ameaça de morte. Na mensagem estava inclusa nova ameaça de morte à vereadora petista.

O e-mail é assinado por “Ricardo Wagner Arouxa”, mas o verdadeiro dono desse nome também foi uma vítima dos autores reais da ameaça. A mensagem evidencia a participação do “Dogolochan”, um fórum que reúne neonazistas, misóginos e outros grupos de ódio. O verdadeiro Ricardo Wagner Arouxa, um analista de sistemas carioca, foi um dos primeiros a descobrir uma armação do grupo e entrou na mira deles. Teve os dados roubados e seu nome é usado para fazer ameaças como as que fizeram a Alisson Julio. Leia mais sobre o caso.

O líder do grupo extremista está preso, condenado a 41 anos de prisão. O grupo coordenou inúmeros ataques contra personalidades de esquerda, como o ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL) e a ativista feminista Lola Aronovich. O grupo, porém, incentiva ataques similares. Os autores do massacre de uma escola em Suzano (SP) eram frequentadores do fórum neonazista.

O partido Novo de Joinville registrou boletim de ocorrência e publicou uma nota de repúdio (leia abaixo).

Ana Lucia recebe novas ameaças

Na noite de domingo (22), o mesmo grupo neonazista e misógino enviou mensagens de ódio para Ana Lucia Martins. Desta vez, as ameaças chegaram com cópia para jornalistas, OAB e Tribunal de Justiça. Na manhã de sábado (21), a polícia prendeu um suspeito das primeiras ameaças, que alegou esquizofrenia. Pelo modus operandi dessa nova ameaça, o grupo nacional de neonazistas decidiu assumir a autoria.

Desde que foi eleita, Ana Lúcia Martins tem sido alvo de ataques racistas e ameaças de morte. Por conta das ameaças, Ana Lucia está reclusa e não participou do ato realizado em sua defesa realizado no dia 20 de novembro, no Dia da Consciência Negra. Diante da situação, está solicitando formalmente proteção pessoal à Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina. O Conselho Estadual dos Direitos Humanos também fará esta solicitação.

O PT nacional apresentou um requerimento de providência ao ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, citando as ameaças contra Ana Lucia Martins entre diversos casos de violência contra mulheres na política. Mensagem similar foi encaminhada ao procurador geral da República, Augusto Aras.

Nota de repúdio do Novo

Na noite de ontem, 23 de novembro de 2020, após repudiar o racismo e as ameaças direcionadas à vereadora eleita Ana Lúcia Martins, o vereador eleito pelo partido NOVO Alisson Júlio foi ameaçado de morte por duas vezes por um cidadão potencialmente muito perigoso. Na mensagem enviada o autor diz que irá matá-la, matá-lo e logo após cometer suicídio.

Tendo em vista o real perigo que este tipo de ameaça representa, entramos em contato imediato com a PM e com a OAB, e o vereador eleito registrou Boletim de Ocorrência. Gostaríamos de agradecer o rápido atendimento e resposta de nossa polícia militar representada no ato pelo Tenente Coronel Celso.

Finalmente, dada a ameaça real, concreta e reiterada, solicitamos às autoridades competentes que trabalhem o mais rapidamente possível para identificar o autor das ameaças e que o mesmo possa responder criminalmente pelos seus atos.

Diretório Municipal do Partido Novo de Joinville.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Redes sociais de Alisson Julio