MDB dá liberdade de escolha aos filiados no segundo turno

Após o fim do primeiro turno das eleições municipais, os eleitores de Joinville terão que escolher entre Darci de Matos (PSD) e Adriano Silva (Novo) como o novo prefeito da cidade. Terceiro colocado no pleito com mais de 48 mil votos, o deputado estadual Fernando Krelling se manifestou na manhã de terça-feira (17), quando reassumiu a presidência do MDB Joinville, após reunião com os filiados.

Fora da disputa pela primeira vez desde 2008, o MDB decidiu não tomar partido por nenhum dos dois candidatos que estão no segundo turno, orientando seus filiados a votarem de acordo com suas preferências. “Não acho justo que o partido direcione os votos de seus filiados. Prezo muito pela verdadeira democracia, espero que cada eleitor que votou em mim tome a sua própria decisão no segundo turno com muita tranquilidade”, afirmou Krelling.

O deputado também agradeceu aos votos recebidos e indicou o perfil que levará em conta para decidir seu voto no próximo dia 29. “Fiquei muito honrado em receber quase 50 mil votos. Foram milhares de mensagens de carinho e apoio desde domingo. Os joinvilenses deram um claro sinal nas urnas por mudança, e é preciso respeitar isso. Levarei em consideração a honestidade e o passado limpo para escolher meu voto em um candidato no segundo turno”, declarou.

O parlamentar deve retornar a sua função na Assembleia Legislativa nos próximos dias, e aproveitou para reforçar sua colaboração ao próximo prefeito, independente do resultado no segundo turno.

“Vou continuar fazendo o que sempre fiz, que é trabalhar muito por mais representatividade do nosso município e a conquista de recursos para Joinville. Somos a maior cidade do estado e merecemos o devido respeito. O próximo prefeito terá em mim um grande parceiro. Passadas as eleições é momento de guardar as bandeiras partidárias e unir forças para lutar por Joinville”, finalizou.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Assessoria de Fernando Krelling