Ana Lucia Martins é ameaçada por vermes racistas; veja manifestações de solidariedade

Primeira mulher negra eleita à Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ), a professora feminista e militante do movimento negro Ana Lucia Martins (PT) tem sofrido ataques racistas desde domingo (15), quando saiu o resultado das urnas. Além de inúmeros ataques à pessoa, às ideias, ao partido e à militância, tudo com cunho racista, uma das ameaças foi de morte.

Um perfil anônimo que destila ódio no Twitter, que fala com orgulho de uma “juventude hitlerista”, escreveu que “agora só falta matar ela” para entrar o suplente, que é branco.

Ana Lucia, que já acionou órgãos competentes, publicou a denúncia em redes sociais. “Sabia que não seria fácil. Estava ciente que enfrentaria uma certa resistência em uma cidade que elegeu apenas na segunda década do século XXI a primeira mulher negra. Só não esperava ataques tão violentos e com aval de parte de pessoas que se declaram ‘profissionais da imprensa'”.

A referência aos profissionais da imprensa é direcionada a um comunicador que coordena uma rádio em Joinville. O discurso com alusões fascistas (a eliminação de um partido) é uma constante em suas redes sociais.

Apesar de tudo isso, a vereadora eleita afirma que vai seguir firme. “Não vão nos calar. Não vamos recuar. Seguimos firmes, com coragem e disposição para defender os direitos da população negra, das mulheres, da juventude, da população periférica, imigrantes e refugiados e da classe trabalhadora.”

Um ato público de solidariedade está marcado para sexta-feira (20), às 18h30, na Praça da Bandeira.

Após a denúncia nesta quarta, diferentes entidades, movimentos, políticos, personalidades e pessoas comuns tem manifestado solidariedade à Ana Lucia Martins nas redes sociais. Confira algumas:

A feminista Lola Aronovich

Alisson Julio, vereador eleito pelo Novo, o mais votado de Joinville em 2020

Carla Ayres, vereadora eleita pelo PT em Florianópolis

Francisco de Assis, que concorreu à Prefeitura pelo PT

Marco Aurélio Braga, jornalista e coordenador da campanha de Fernando Krelling

Adriano Silva, candidato a prefeito pelo Novo


Texto: Felipe Silveira
Foto: Redes Sociais de Ana Lucia Martins