Proximidade do verão aumenta necessidade de combate à dengue

O período de calor e chuvas que vem com o verão joinvilense é o mais propício para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. A cidade, que teve um surto de dengue entre este ano e o ano passado, tem uma rede de aproximadamente 1500 armadilhas instaladas pela Secretaria da Saúde por todo o município, que são checadas semanalmente.

Além disso, profissionais da saúde pública realizam ações pontuais nos bairros diariamente, realizando visitas domiciliares para orientação e monitoramento de locais críticos. O setor de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde também tem mapeada uma rede de locais estratégicos que são visitados todas as semanas, como floriculturas, ferros velhos, cemitérios, borracharias e centros de reciclagem.

A coordenadora da Vigilância Ambiental, Ana Alice Borba, informa que todas essas ações já ocorrem, mas que são intensificadas com a chegada do verão, quando a incidência do mosquito da dengue aumenta. “Se o cenário muda, também alteramos nossas estratégias”, explica Ana.

A coordenadora também destaca a importância dos mutirões de limpeza e ações conjuntas com as subprefeituras, Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), bombeiros voluntários, agentes comunitários de saúde, entre outros parceiros. “Temos encaminhado uma parceria com a Fiocruz de Manaus de estações disseminadoras, com o uso do larvicida piriproxifem”, diz.

Entre as principais medidas que devem ser adotadas para combater o mosquito da dengue, estão: eliminar qualquer tipo de recipiente (até mesmo tampinhas de garrafa pet) que possa acumular água; não acumular lixo; tratar a água de piscinas com cloro, pelo menos uma vez por semana; retirar os pratinhos debaixo dos vasos de plantas; verificar a vedação da caixa d’água; colocar tela de proteção nos ladrões e nas caixas de passagem; higienizar semanalmente os potes de alimentos dos animais com bucha; desobstruir calhas d’água; usar repelente.


Edição: Fernando Costa
Foto: Claudio Fachel/Palácio Piratini via Fotos Públicas
Informações: Prefeitura de Joinville