Com pênalti perdido para cada lado, JEC e Pelotas empatam na Arena

O JEC empatou uma partida extremamente importante nesta Série D. Com um pênalti perdido para cada lado, Joinville e Pelotas empataram em 0 a 0 neste sábado (7), na Arena Joinville. Ramires, pelo lado gaúcho, e Lucas de Sá, pelo lado tricolor, foram os jogadores que desperdiçaram as penalidades da partida.

Para a partida decisiva, o Joinville teve a volta de Jaques na zaga titular e o atacante Luquinhas no banco de reservas, após 50 dias no departamento médico. O lateral direito Renan Guedes também iria voltar para o time titular após suspensão, mas sentiu no aquecimento e foi desfalque de última hora. Mesmo com o retorno de jogadores importantes, o time teve dificuldades de jogar e perdeu o terceiro pênalti dentro da competição. Além também de perder três titulares para a próxima rodada.

Primeiro tempo

As emoções da partida começaram cedo. Logo aos 6 minutos, em jogada pela esquerda, Ariel foi derrubado na área por Jaques e o juiz deu pênalti. Ramires foi para a cobrança. Ele chutou no lado direito e deslocou Dalberson, mas tirou demais e a bola foi para fora. Após o lance, a partida ficou bastante disputada e com as equipes tentando furar as defesas. O Joinville trocava passes, mas não apresentava um bom futebol.

Somente aos 25 minutos, o time criou oportunidades de abrir o placar. Em roubada no ataque, a bola chegou para Lucas de Sá na entrada da área. O camisa 7 chutou forte no canto esquerdo e a bola passou raspando a trave. Três minuto depois, Mayk recebeu na esquerda e chutou por cima do gol. Desperdiçando mais uma chance.

A resposta do time gaúcho foi aos 32. Em falta próxima a área, Marcelo cobrou por cima da barreira e também por cima da meta de Dalberson. Presente mais no campo de ataque, mas sem inspiração, o Joinville queria abrir o placar antes do intervalo. Aos 40, Lucas de Sá pegou o rebote na direita e chutou com perigo pelo lado. Já nos acréscimos, a equipe teve uma falta a dois passos da área. Caio Mello cobrou em cima da barreira e a bola foi para escanteio.

Mas o árbitro Michel Patrick não queria mais nada e encerrou o primeiro tempo. Após isso, os jogadores foram para cima dele para reclamar. Na confusão, Charles e Alison Mira tomaram cartão amarelo e o auxiliar Willian Fabbro foi expulso.

Segundo tempo

Após dez minutos de nenhuma oportunidade para às duas equipes, o técnico Fabinho Santos colocou Luquinhas no lugar de Mayk, aos 15. E o jogador já entrou para participar em lance importante. Em bom lançamento de Diego, o atacante dominou dentro da área e foi derrubado. O juiz marcou pênalti. Lucas de Sá bateu no canto esquerdo, mas Renan pulou e impediu o gol.

Mesmo com entrada de Kaynan no lugar de Lucas de Sá, aos 22, quem assustou na partida foi o time visitante. Dois minutos depois da troca, Renan Castro afastou mal a bola e deixou no pé de Marcelo. O camisa 2 chutou forte e acertou o travessão. Após a falha, Fabinho Santos tirou Renan e colocou Kadu no jogo.

Após bons minutos sem nenhuma oportunidade para nenhum lado, o Pelotas teve mais uma chance de abrir o placar aos 40. Após contra-ataque, Hugo Sanchez recebeu cruzamento da esquerda e chutou. A bola passou raspando a trave de Dalberson. Depois da chegada do time gaúcho, o jogo não teve mais emoções e acabou com o placar zerado.

E agora?

Com o empate, às duas equipes somam um ponto na tabela. O Pelotas segue em segundo com 16 e o Joinville chega logo atrás, na terceira colocação, com os mesmos 16 pontos. Com os cartões amarelos levados no jogo, o Coelho não terá Charles, Davi Lopes e Alison Mira para a próxima partida, que acontece contra o São Luiz no próximo sábado (14), às 17 horas, no estádio 19 de Outubro.

Ficha técnica

JEC
Dalberson; Eduardo Melo, Charles, Jaques e Renan Castro (Kadu); Caio Mello, Davi Lopes e Diego; Mayk (Luquinhas), Lucas de Sá (Kaynan) e Alison Mira.

Pelotas
Renan; Marcelo, Gabriel Silva, Fábio Alemão e Gabiga; Moisés, Ramires e Itaqui; Ariel (Hugo Sanchez), Marcão e Matheus Goiano


Texto: Bernardo Gonçalves
Foto: Vitor Forcellini/JEC