Com gol no final, JEC vence Tubarão e vira líder na Série D

O JEC venceu a segunda partida seguida nesta Série D. Com gol de Alison Mira no final do jogo, o Tricolor bateu o Tubarão por 1 a 0 neste sábado (24), no estádio Domingos Gonzalez. Com a vitória, o Joinville chega a liderança provisória do grupo A8 da competição.

A história da jogo, que colocou o time joinvilensense na ponta da tabela, começou com o técnico Fabinho Santos tendo problemas para escalar. O comandante tinha dez jogadores fora da partida e teve que improvisar o volante Kadu na lateral esquerda. Mas mesmo com os desfalques, a equipe saiu vitoriosa do confronto catarinense.

Primeiro tempo

A partida começou com um Tubarão melhor e com a primeira oportunidade de gol logo no primeiro minuto. Vico recebeu na área e chutou. Charles se jogou na frente da bola e impediu o gol.

O Peixe ainda era superior no jogo após os 20 minutos e teve mais duas oportunidades, com Alex Nemetz, mas os chutes do camisa 8 não assustaram o goleiro Dalberson. Ao contrário do adversário, o Joinville tinha dificuldades na troca de passes e na criação das jogadas ofensivas. Aos 25, o time do sul do estado teve outra chance de abrir o placar. Kendy recebeu do lado direito e chutou. A bola balançou as redes pelo lado de fora.

A primeira chegada do JEC veio somente aos 33, com Lucas de Sá. Em contra-ataque, o meia levou a bola até a entrada da área e chutou. A bola passou por cima do gol.

Mas quem era dono do jogo ainda era o Tubarão, que quase marcou dois minutos depois. Kendy recebeu a bola dentro da área pelo lado esquerdo e chutou. Kadu entrou no meio do caminho e a bola foi para o lado, obrigando Dalberson a se esticar e espalmar a bola. Na volta, Gleydson chutou mais uma e o goleiro praticou outro milagre.

Se encontrando na partida, a equipe joinvilense teve duas oportunidades em bolas paradas. Na primeira, aos 40, Lucas de Sá cobrou falta direto para o gol e Guilherme fez a defesa. Aos 43, na melhor chance do time no jogo, em outra falta cobrada por Lucas de Sá, a bola sobrou para Braga. O volante chutou e marcou, mas o bandeirinha pegou o jogador em posição irregular e anulou o gol.

Segundo tempo

Diferente do primeiro tempo, o Joinville voltou para a etapa final muito melhor. Em cinco minutos o time teve duas oportunidades, com Fernando Fonseca e Kadu, mas não conseguiu marcar.

O JEC era superior e tinha as melhores chances de abrir o placar. Lucas de Sá, aos 9, cobrou falta perigosa próxima da área e o goleiro Guilherme fez a defesa de mão trocada. Aos 12, Ratinho recebeu ótimo passe dentro da área pelo lado direito, mas chutou longe.

O Coelho buscava o gol e, mesmo com a entrada de Kaynan no lugar de Adriano no ataque, o time não conseguia concluir as oportunidades que tinha em gol. Tentando a vitória nos minutos finais, o técnico Fabinho Santos colocou Romarinho no lugar do volante Braga. Com uma equipe mais ofensiva, o time pressionava o Tubarão e funcionou.

Aos 46, Kaynan recebeu na linha de fundo pelo lado esquerdo, disputou a bola e passou para trás. O artilheiro do time, Alison Mira, chegou e bateu forte de perna esquerda para estufar as redes do goleiro Guilherme e fechar o placar.

E agora?

Com a vitória suada contra o Peixe, o Joinville é provisoriamente o novo líder do grupo A8 da Série D. O JEC tem os mesmos 15 pontos que o Novorizontino, e no critério de desempate, fica na primeira posição.

O Coelho agora terá um tempo para poder comemorar os três pontos e se preparar para a próxima partida. O time enfrenta o Caxias somente no próximo sábado (31), às 15 horas, em Caxias do Sul.

Ficha técnica

Gols
Alison Mira (JEC) aos 46′ do 2T

JEC
Dalberson; Renan Guedes, Charles, Fernando e Kadu; Braga (Romarinho), Caio Mello e Lucas de Sá; Adrianho (Kaynan), Edson Ratinho e Alison Mira.

Tubarão
Guilherme; Ramires, Vinícius Kuerten, Vitor e Anderson; Eduardo Meurer, Vico e Alex Nemetz; Gleydson, Aslen e Kendy.


Texto: Bernardo Gonçalves
Foto: Vitor Forcellini/JEC