Alesc aprova audiência pública para discutir reabertura de eventos presenciais

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou nesta quarta-feira (14) o requerimento para realização de audiência pública para debater a possibilidade de retorno das atividades do setor de eventos e feiras públicas. A proposição é do deputado Jessé Lopes (PSL), com data de realização prevista para o dia 21 de outubro.

Os deputados que compõem a comissão reconhecem que as empresas e os profissionais da área estão com dificuldades financeiras, por fazerem parte de um dos setores mais afetados pela pandemia da covid-19. Entretanto, as opiniões a respeito do retorno das atividades presenciais divergem.

A deputada Ada de Luca (MDB) lembrou na reunião que a pandemia ainda está longe de acabar, com os números mudando diariamente. Já o deputado Coronel Mocelin (PSL) disse que é possível “aprovar a realização de eventos que sigam os devidos protocolos porque as festas estão acontecendo de forma clandestina e as praias estão lotadas”.

O deputado Valdir Cobalchini (MDB) opinou que a comissão deve propiciar o debate, em função dos apelos recebidos, e permitir que “a Secretaria de Saúde exponha as razões e estabeleça prazos para a reabertura”. O deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) acrescentou que é a favor da reabertura gradual, “desde que haja segurança e risco controlado, para que as pessoas possam restabelecer seus ganhos”.

Por outro lado, o deputado Dr. Vicente Caropreso apontou que o contágio é imprevisível e não há como estimar como estarão os hospitais nos próximos dias.


Edição: Fernando Costa
Foto e informações: Agência AL