JEC busca primeira vitória na Série D contra o Marcílio Dias

O JEC está em Itajaí para enfrentar o Marcílio Dias, neste sábado (26), às 16 horas, pela segunda rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Após empatar por 1 a 1 na estreia, contra o Novorizontino, o Tricolor busca a sua primeira vitória na competição e também quer quebrar um tabu contra o Marinheiro.

O Joinville não ganha na casa do adversário desde 2011, quando venceu por 3 a 2 no Campeonato Catarinense daquele ano. Depois disso, JEC e o Rubro-Anil se enfrentaram cinco vezes, com quatro empates e uma vitória para o Marcílio. Além do tabu, o Coelho busca acabar com um jejum de sete partidas sem vitória.

Para dar fim nisso, o técnico Fabinho Santos teve uma semana cheia de treinamentos para preparar e definir a equipe que vai a campo nesta sábado. O comandante não poderá contar com alguns jogadores, que ainda não estão recuperados de lesão.

O lateral-esquerdo Mayk está em transição com bola e ainda não pode atuar. O substituto é Renan Castro, que segundo Fabinho, foi muito bem na estreia contra o Novorizontino. Quem segue fora também é o atacante Luquinhas. O jogador teve um estiramento na coxa grau 2 e desfalca o time. Além dele, André Baumer, Wallison e Edinho também seguem entregues ao departamento médico do clube.

Por opção de Fabinho Santos, os atacantes Chrystian e Matheus Paquetá ficaram de fora da lista dos 21 relacionados para a partida. Outra modificação foi a troca do goleiro reserva de Dalberson. Fabian Volpi entrou no lugar de Felipe Leineker e viajou com o restante do elenco. O Tricolor não terá nenhum desfalque por caso de covid-19, já que todos os testes que o clube realizou deram negativo.

Em relação à equipe que irá a campo como titular, o comandante do time manteve cautela e não deu muitas pistas, mas admitiu que poderá ter mudanças. Duas delas podem ser a entrada de Kaynan e Alison Mira no lugar de Gustavinho e Romarinho, respectivamente. Outra mudança que pode acontecer é a entrada de Jaques no lugar de Charles ou Eduardo Melo na zaga tricolor. Os três jogadores entraram no segundo tempo da partida de estreia e tiveram boas atuações.

Do lado do Marcílio, o técnico Moises Egert não poderá contar com o volante Diego Silva, que foi expulso aos cinco minutos na estreia contra o Pelotas. Nathan Ferreira, suspenso pelo STJD, também será um desfalque para o comandante.

Ainda sem poder ter a presença das torcidas nos estádios, a partida entre os catarinenses terá transmissão pela plataforma Mycujoo, detentora dos direitos de transmissão da Série D. Acesse o link da partida aqui.

Relacionados do JEC

Goleiros: Dalberson e Fabian Volpi
Laterais: Edson Ratinho, Renan Guedes e Renan Castro
Zagueiros: Charles, Jaques, Eduardo Melo e Fernando Fonseca
Meias: Braga, Berg, Matheus Banguelê, Davi Lopes, Lucas de Sá e Diego
Atacantes: Gustavinho, Kaynan, Romarinho, Adriano e Alisson Mira

Números do confronto

Jogos: 172
Vitórias do JEC: 80
Empates: 49
Vitórias do Marcílio Dias: 43
Gols do JEC: 280
Gols do Marcílio Dias: 180

Prováveis Escalações

JEC
Dalberson; Renan Guedes, Charles, Eduardo Melo (Jaques), Renan Castro; Braga, Davi Lopes, Diego; Edson Ratinho, Gustavinho (Kaynan), Alison Mira (Romarinho).

Marcílio Dias
J. Beliatto; Luiz Renan, Magrão, Luan, Jerffeson Recife; Daniel Pereira, Xavier (Mikael) e Marlon; Zé Vitor (Rafinha), Léo Santos (Anderson Ligeiro), Hélio Paraíba.

Arbitragem

Árbitro: Fernando Henrique de Medeiros Miranda
Assistentes: Clair Dapper e Alexandre Bittencourt.


Texto: Bernardo Gonçalves
Foto: Vitor Forcellini/JEC