Sem entender como funcionam esportes coletivos, deputados aprovam PL que libera prática

A Assembleia Legislativa (Alesc) aprovou, nesta quinta-feira (3), proposta que libera o uso de espaços para práticas esportivas coletivas, como o futebol por exemplo, no período de calamidade pública, decretado em razão da pandemia de covid-19 em Santa Catarina. A medida vale para locais públicos ou privados. O projeto de lei é do deputado João Amin (PP).

Na justificativa da proposta, o autor argumenta que atividades em estabelecimentos que oferecem serviços relacionados à prática regular de exercícios físicos, como academias de ginástica, crossfit e similares, foram liberados pelo governo do estado ainda em abril. Segundo o parlamentar, as práticas esportivas coletivas devem igualmente ser permitidas, respeitando as medidas restritivas. O PL segue agora para sanção do governador.

A argumentação parece ignorar que, em esportes coletivos, o distanciamento não é possível. Em um jogo de basquete ou futebol, o contato e a aproximação são indispensáveis. Para roubar uma bola, é preciso entrar em contato com o adversário. A circulação constante em ambiente limitado também aumenta o risco de contágio. Jogar bola nunca foi o forte dos políticos, mas ignorar a lógica esportiva e colocar os catarinenses em risco, em tempos de pandemia, é gol contra.

Em vídeo nas redes sociais, o deputado João Amin celebrou a aprovação e mencionou a pressão de empresários do setor. Também cita que “esporte é saúde”, uma afirmação verdadeira, mas que não pode ser tirada de contexto durante a pandemia de covid-19, em que o contágio na prática esportiva pode significar a morte.

APROVADO PROJETO QUE LIBERA ESPAÇOS PARA ESPORTES COLETIVOS EM SC!É com imensa satisfação que informo que foi aprovado…

Posted by João Amin on Thursday, September 3, 2020


Edição: Felipe Silveira
Foto: Fábio Queiroz/Alesc

Informações: Alesc