Coree International School promove live sobre estado emocional na pandemia

Todas as quintas-feiras, o Instagram da Coree International School abre espaço para o Live-e, ouvindo profissionais de diversas áreas para debater assuntos pertinentes a este momento inédito provocado pela pandemia de covid-19. Nesta quinta (3), às 19h30, a psicóloga e coordenadora do Aconselhamento Escolar da instituição, Adriana Bollmann Soares, vai falar sobre cuidados com o estado emocional de alunos, familiares e da comunidade escolar neste período de pandemia.

Adriana Bollmann Soares é coordenadora do Aconselhamento Escolar da Coree International School

“Somos seres naturalmente sociais e nos foi imposto um isolamento, necessário, para o qual ninguém foi preparado. Ter que lidar com esta situação trouxe mudanças emocionais e comportamentais para todos nós”, explica a psicóloga. Para ela, cada faixa etária apresenta necessidades específicas.

“Não posso afirmar para qual delas essas mudanças são mais evidentes ou trazem mais ou menos sofrimento, porque também há o componente da individualidade, mas as fases de transição acabam mostrando mais conflitos”, destaca.

Para que este momento se torne mais leve, a psicóloga indica como um primeiro passo a escuta e o acolhimento dos sentimentos ou emoções. “No caso das crianças e adolescentes, o papel dos pais ou de quem cuida é o de acolher e compreender as necessidades que surgem, sem julgamentos ou cobranças excessivas, e em conjunto buscarem as melhores soluções ou alternativas para o enfrentamento”, afirma.

Ela alerta que mudanças bruscas no comportamento, dificuldade com o sono, falta de apetite ou apetite em excesso, surgimento de medos como o de voltar a sair de casa, entre outros indicativos de ansiedade podem ser sinais importantes e por isso os pais devem ficar atentos. Para encerrar, Adriana lembra que a prevenção é o melhor e mais adequado caminho para o enfrentamento da situação.

Adriana Bollmann Soares é coordenadora do Aconselhamento Escolar da Coree International School, é psicóloga e licenciada em Letras. Tem 24 anos de experiência em docência do ensino infantil ao médio e seis anos de dedicação na área da psicologia escolar e orientação vocacional.


Edição: Felipe Silveira
Fotos e informações: Assessoria