Prefeitura faz novas ações de fiscalização das medidas restritivas à covid-19

Na noite de quinta-feira (30), três equipes da Patrulha do Coronavírus de Joinville, com apoio da Polícia Militar, visitaram 43 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, em três regiões da cidade. Houve registro de infrações, como o descumprimento do horário de funcionamento (liberado até as 20 horas) e a falta de distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas.

Na zona Leste, com abrangência dos bairros Aventureiro, Comasa e Jardim Iririú, não houve registro de irregularidades. Entre os locais fiscalizados na zona Sul, apenas um estabelecimento não estava funcionando dentro das regras de funcionamento Já na região central, a Patrulha do Coronavírus registrou quatro situações de irregularidades, sendo que um dos estabelecimentos foi multado por ser reincidente.

Durante o final de semana, as ações de fiscalização em restaurantes, bares e similares serão intensificadas pela Patrulha do Coronavírus. De acordo com a gerente da Vigilância Sanitária de Joinville, Edilaine Pasquali, a orientação é que os estabelecimentos e a população sigam os regramentos para que não seja necessário intensificar as restrições.

“Orientamos que todos usem máscara, respeitem as normas, os horários determinados e o distanciamento entre as pessoas. Deve-se entender que essa situação não é permanente, mas é preciso um pouco mais de paciência, principalmente neste período de mais frio, quando pode ocorrer o agravamento da contaminação. Saia de casa somente se necessário”, reforçou Edilaine.

Além do papel fundamental das empresas e da população, o combate à propagação da covid-19, em Joinville, também vem recebendo a colaboração essencial das forças de segurança. “Agradecemos ao apoio incondicional da Polícia Militar e também da Polícia Civil nas ações preventivas de fiscalização, que está fazendo a diferença no combate à covid-19”, destacou o secretário de Saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva. Desde o início da pandemia, a Patrulha do Coronavírus já foram realizadas quase oito mil vistorias.

Apesar das vistorias, a cidade vive uma situação terrível, com o sistema de saúde colapsado e uma escalada da pandemia na cidade. No dia 30 de junho, a cidade registrava 2.113 casos oficiais de covid-19 e 39 óbitos. Um mês depois, em 30 de julho, o número de casos chegou a 8.466 e o número de mortes chegou a 128. A Prefeitura e o Governo de SC abriram novos leitos de UTI na cidade, mas mesmo assim a ocupação chegou a 100% em diferentes ocasiões. O governo municipal se recusa a decretar o isolamento total (lockdown).

Orientações e denúncias

Os estabelecimentos que tiverem dúvidas sobre as normativas estabelecidas pelos decretos e portarias em vigor podem solicitar informações pelo e-mail [email protected]. Casos de descumprimento das normas de prevenção à covid-19 podem ser denunciados pelo telefone 151, das 10 às 16 horas, ou registrados junto a ouvidoria do município, por meio do site da Prefeitura de Joinville.

Outro canal é o Web-Saúde, disponibilizado pela Secretaria de Saúde, pelo Whatsapp. As mensagens de áudio, texto ou vídeo podem ser enviadas pelo número 3481-5165, de segunda a sexta-feira, das 7 às 20 horas.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Prefeitura