Secretaria da Saúde passa a usar cloroquina para tratamento da covid-19

Na contramão de estudos científicos do mundo inteiro, a Secretaria da Saúde de Joinville vai começar, a partir da próxima semana, a prescrever a cloroquina para pacientes com diagnóstico confirmado ou com sintomas leves de covid-19.

A decisão foi tomada a partir da Nota Informativa 9/2020-SE/GAB/SE/MS, intitulada “Orientações do Ministério da Saúde para manuseio medicamentoso de pacientes com diagnóstico da Covid-19”, que apresenta um quadro de sugestões do uso da cloroquina e da hidroxicloroquina em pacientes com a doença.

Estudos realizados por especialistas ao redor do mundo, como o artigo publicado na Annals of Internal Medicine, dos Estados Unidos, o estudo realizado pela Universidade de Oxford, envolvendo 11 mil pacientes de covid-19, e a análise da Food and Drug Administration (o equivalente à Anvisa dos EUA) indicam que não há evidências que apresentem que a droga é eficiente no combate à covid-19.

Sobre a cloroquina e a hidroxicloroquina, a própria Nota Informativa do Ministério da Saúde, comandando atualmente de forma interina pelo militar Eduardo Pazuello, aponta que “ainda não há meta-análises de ensaios clínicos multicêntricos, controlados, cegos e randomizados que comprovem o beneficio inequívoco dessas medicações para o tratamento da covid-19”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) suspendeu pesquisas sobre o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina, por concluir que os medicamentos não apresentam resultados no combate à covid-19 e nem diminuem a taxa de mortalidade da doença. Já a Sociedade Brasileira de Imunologia publicou, em maio, um parecer científico contra o uso dos medicamentos em pacientes com o vírus.

Prescrição e distribuição

De acordo com a prefeitura, a prescrição da cloroquina será realizada após avaliações médicas e com o consentimento do paciente, que deverá assinar um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, conforme pede a Nota Informativa do Ministério da Saúde.

A cloroquina fornecida pelo Ministério da Saúde estará disponível nas seguintes Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Joinville: UBSF Costa e Silva, UBSF Floresta, UBSF Jarivatuba e UBSF Vila Nova. O usuário só poderá obter o medicamento ao apresentar os seguintes documentos: prescrição médica em duas vias, em receituário de controle especial do SUS; cartão do SUS; documento de identificação pessoal; e o termo de ciência e responsabilidade.


Texto: Fernando Costa
Foto: Cléber Medeiros/Senado Federal