CDL propõe novo horário ao comércio para minimizar aglomerações

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Joinville sugere que comércio abra as portas em novos horários, a partir de segunda-feira e até acabar a pandemia de covid-19. O objetivo é evitar aglomerações no transporte público durante os horários de pico. Dessa maneira, a entidade evita que o comércio volte a ser fechado.

A proposta da CDL é que o comércio abra, de segunda-feira a sexta-feira, às 10 horas. O horário de fechamento é opcional, podendo ocorrer entre 18 horas e 20 horas. Dessa maneira, trabalhadores do setor não vão pegar ônibus nos horários de pico: das 6 horas às 8 horas e das 17 horas às 19 horas.

A própria entidade mudou seu horário de atendimento. Vai abrir suas portas às 10 horas a partir de segunda-feira e encerrar as atividades às 19 horas, sem fechar para o almoço.

“Contamos com a colaboração de todos. Se cada um fizer a sua parte, podemos combater o novo coronavírus sem a necessidade de fechar as portas e o transporte coletivo ser suspenso novamente”, afirmou o presidente da CDL, José Manoel Ramos.

Na quarta-feira (8), Joinville chegou a ter 100% dos leitos de UTI públicos exclusivos para UTI ocupados. Segundo a assessoria, a Prefeitura está estudando novas medidas restritivas durante a tarde, mas nenhuma havia sido anunciada até o fim do dia.


Edição e foto: Felipe Silveira
Informações: CDL Joinville