Campanha de artistas visuais doa 130 cestas básicas

Foram entregues na sede da Associação de Moradores do Bairro Itinga (Amorabi), na manhã de quinta-feira (18), 130 cestas básicas compradas com o valor arrecadado a campanha colaborativa Arte na Quarentena. Por meio da venda de obras de arte doadas por artistas visuais joinvilenses, foram arrecadados R$ 6.340 mil para a compra dos donativos.

O projeto, com duração de um mês, teve curadoria e produção de Rodrigo Domingos, com apoio da Voük Comunicação, RD Comunicação, Galeria Virtual Eu E Arte, portal de arte que serviu como plataforma de vendas das obras, Atêlie Coletivo Gisele Borges, Funcionárias e Conecta Projetos.

O grupo entregou tudo o que foi arrecadado para a Amorabi, associação popular que irá fazer a logística de distribuição destes alimentos para os moradores do bairro Itinga, bairro Jardim das Oliveiras (em Araquari) e também nas Aldeias Guarani Mbyá Piraí e Tarumã.

Antes mesmo de iniciar oficialmente a campanha, o coletivo já havia conseguido arrecadar 1 mil frascos de álcool em gel, produzidos pela Catarinense Pharma, além de máscaras de pano, produzidos pela marca Funcionárias, que é especialistas em ressignificar materiais têxteis que não são mais utilizados.

“O projeto agradece aos 38 artistas que entraram neste projeto, cederam uma obra de arte que, vendida, amenizou os efeitos sociais da pandemia em comunidades periféricas da cidade de Joinville. Mostramos que com boa vontade e com arte é possível transformar o mundo, e transformar as pessoas ao seu redor”, disse o produtor cultural Rodrigo Domingos, um dos articuladores da campanha.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Assessoria