Projeto que oferece suporte emocional a professores é lançado pelo Consed

Com objetivo de levar suporte aos educadores que estão em casa por conta da pandemia, o Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) lançou, na segunda-feira (8), um programa de apoio socioemocional aos professores. A plataforma Vivescer é um convite ao autoconhecimento, autocuidado e mudança de práticas, aliado a uma rede de suporte sempre disponível. A adesão é feita por um cadastro no site e vai até o dia 22 de junho.


Leia também
Professores de Joinville falam sobre atividades escolares durante isolamento social


A Vivescer, cujo nome é a palavra criada pelo escritor mineiro Guimarães Rosa, que combina as palavras viver e ser – é uma plataforma 100% gratuita, desenvolvida por professores de diferentes estados do Brasil em um processo de criação colaborativa comandando pelo Instituto Península.

Na plataforma estão disponíveis quatro cursos certificados, com 32 horas cada, que ajudam o professor a equilibrar mente, corpo e emoções e vincular-se ao seu propósito de vida. Cada curso é dividido em quatro temas com 16 atividades cada. Além disso, há uma comunidade de suporte, na qual professores trocam experiências e materiais. Os cursos são autoinstrucionais e podem ser realizados por professores de todas as etapas e modalidades de ensino no horário de sua preferência.

A diretora de Ensino da Secretaria de Estado da Educação, Zaida Rabello Petry, avalia que a plataforma será um ótimo ambiente de troca de experiências com profissionais de outros estados. “Esperamos que nossos professores participem dessa iniciativa, pois se trata de mais um apoio para que, seja atuando remotamente ou regressando às atividades presenciais, possam ter mais condições de lidar com os desafios que se apresentam”.


Texto: Felipe Silveira
Foto e informações: Governo de SC