Pré-candidato do PSOL entra na corrida eleitoral em Joinville

Com apenas 22 anos, o ativista Guilherme Luiz lançou, nesta sexta-feira (29), sua pré-candidatura à Prefeitura de Joinville. Ele estava se preparando para a disputa à Câmara de Vereadores, mas decidiu tentar ser o nome do partido na disputa ao Executivo municipal. O ex-vereador Adilson Mariano, que preside o partido em Joinville, também é pré-candidato.

Na manhã de sexta, Guilherme publicou uma carta aberta em uma rede social, em que explica suas motivações. Para ele, o município “precisa de projetos que consigam superar a estagnação política que a sociedade joinvilense apresenta”. A ideia é apresentar novos tópicos ao debate público, propondo mudanças estruturais na sociedade.

“Todos os projetos visam a manutenção de algo vigente com pequenas mudanças ao longo do caminho. O nosso não é assim. Nosso projeto é um convite ao futuro. Porque não dá para pautar a cidade de hoje sem um ponto de partida, mas muito menos sem ter um horizonte aonde chegar”, registra o pré-candidato na carta.

Guilherme é o atual secretário municipal de formação do partido. Analista de sistemas em uma empresa privada da cidade, atua no movimento social. Em 2018, quando estava à frente do Diretório Acadêmico Nove de Março (Danma), dos estudantes da Udesc Joinville, foi um dos articuladores de atos estudantis contra a eleição do então candidato Jair Bolsonaro. Em 2019, participou da construção de atos contra medidas do atual governo federal, como a reforma da previdência e os cortes na educação. Também participa de um coletivo de juventude chamado Manifesta e da Frente Joinville pela Democracia, formada no período eleitoral de 2018.

O tabuleiro do PSOL

Na corrida interna do PSOL Joinville, Guilherme representa a corrente Primavera Socialista. O bloco, que tem maioria no país e no estado, é a segunda força na cidade. Em Joinville, a corrente majoritária é a Esquerda Marxista, a qual são ligados nomes como Adilson Mariano (ex-vereador), Ulrich Beathalter (ex-presidente do Sinsej) e a advogada Cynthia Pinto da Luz (candidata a vice pelo partido em 2016). O partido ainda tem outras correntes atuantes no município, mas ainda não lançaram pré-candidaturas.

A corrente de Guilherme tem nomes como Leonel Camasão (candidato à Prefeitura de Joinville em 2012 e ao governo de SC em 2018) e Juliano Medeiros (presidente nacional da sigla). Medeiros, aliás, participou de uma live com o joinvilense que pode ser assistida aqui.


Texto: Felipe Silveira
Foto e informações: Divulgação