Voluntários arrecadam recursos para ajudar Aldeia Piraí durante pandemia

Um grupo de sete voluntários criou uma campanha de arrecadação de dinheiro para comprar produtos para a Aldeia Piraí, do povo Guarani Mbya, localizada em Araquari (SC). A aldeia é o lar de aproximadamente 150 indígenas, que estão em quarentena por conta da pandemia de covid-19.

As 30 famílias que habitam a Aldeia Piraí se encontram em isolamento domiciliar, uma vez que o Ministério da Saúde considera os grupos indígenas como os de maior risco, pela suscetibilidade de infecção. Assim, as famílias perderam suas duas principais fontes de renda: a venda de artesanatos e a realização de oficinas e visitações no local.

A campanha vai arrecadar os recursos por uma plataforma de financiamento coletivo Catarse. A meta da campanha é levantar R$ 13 mil, para comprar produtos suficientes para as 30 famílias se manterem por um mês. Os voluntários, então, higienizarão os produtos e os transportarão para a aldeia.

O objetivo é comprar alimentos, produtos de higiene pessoal e de limpeza, leite e fraldas para bebês, cobertores, medicamentos e tabaco, que é utilizado em rituais, itens apontados pelas lideranças da Aldeia Piraí como necessários.

O cacique Karaí Tokumbó, da Aldeia Piraí, aponta que além dos itens comuns de uso diário, roupas e calçados serão bem-vindos, principalmente vestuários infantis. “Aqui na aldeia está fazendo muito frio à noite, principalmente para as crianças”, disse.

Ração para cães e gatos também estão na lista de produtos que serão comprados com o valor da campanha. A aldeia abriga cerca de 100 animais, a maioria abandonados nas margens da BR-280, que foram resgatados da rua pela comunidade.

De acordo com a voluntária Natália Trentini, a campanha prioriza as doações em dinheiro. “Optamos por buscar doação em dinheiro neste momento para preservar a saúde dos voluntários envolvidos e das pessoas interessadas em doar”, afirma.

Entretanto, doações diretas dos produtos citados no site da campanha podem ser realizadas. A entrega dos produtos para os voluntários deve ser agendada pelos telefones (47) 99217-2976 (Natália) ou (47) 99682-4834 (Taís).


Texto: Fernando Costa
Foto: Bárbara Elice/Divulgação