Secretaria da Saúde de Joinville amplia distribuição de máscaras caseiras

A partir desta segunda-feira (18), a Secretaria da Saúde vai ampliar a distribuição de máscaras caseiras para a população joinvilense, que, por decreto, devem ser utilizadas em ambientes fechados compartilhados com outras pessoas.

Agora, além de distribuir as máscaras nos locais credenciados para a entrega, os agentes comunitários de saúde das Unidades Básicas de Saúde (UBS) passarão a entregar os equipamentos de proteção durante as visitas domiciliares.

Além disso, os usuários que estiverem em atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, no Pronto Atendimento (PA) Norte, e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Sul e Leste, poderão retirar suas máscaras nesses locais.

Os critérios para receber o anteparo continuam os mesmos: é obrigatória a apresentação do CPF e, se possível, do cartão do SUS. Os documentos devem ser originais ou fotocópias autenticadas. Os mesmos documentos serão obrigatórios para a retirada de máscaras para terceiros. Serão fornecidas até duas máscaras por CPF e não será permitida a distribuição para menores de dois anos de idade.

Até o momento, a Secretaria da Saúde enviou 65,5 mil máscaras para os locais de distribuição credenciados (supermercados), das quais aproximadamente 31 mil já foram retiradas pela população. Para as UBS e PAs, serão destinadas mais 60 mil máscaras.

Como usar corretamente a máscara

As máscaras caseiras têm como objetivo diminuir os índices de transmissão do novo coronavírus. Ao segurar as partículas expelidas pelo corpo ao falar, respirar, espirrar ou tossir, ela diminui a possibilidade de infecção no ar, protegendo as pessoas ao redor.

Por isso, ela é obrigatória para todas as pessoas, menos as crianças menores de dois anos, que têm mais tendência a encostar com as mãos sujas na máscara e a molhar a mesma com saliva.

As máscaras caseiras distribuídas pela Secretaria da Saúde de Joinville atendem às recomendações do Ministério da Saúde. São laváveis, confeccionadas em algodão e com camada dupla de tecido.

Entretanto, é importante que a pessoa saiba utilizar corretamente a máscara para não só garantir a sua efetividade, mas também para não fazer que a proteção se torne um possível núcleo de contágio. As instruções para o uso correto da máscara caseira são:

– A máscara é de uso individual, não devendo ser compartilhada entre familiares, amigos e outros;

– Coloque a máscara antes de sair de casa, com a mão previamente higienizada de modo a cobrir a boca e o nariz;

– A máscara deve ser ajustada para o tamanho do rosto e cabeça do usuário, não ficando folgada ou apertada demais;

– Após colocar a máscara, evite colocar as mãos no rosto;

– Caso precise ajustá-la durante o uso, faça-o pelas laterais e tiras, com a mão higienizada;

– Ao chegar em casa, higienize as mãos antes de retirar a máscara;

– Retire-a pelas tiras de forma a evitar qualquer contato das mãos com a face a da parte externa da máscara com o rosto;

– Caso não seja possível proceder com a desinfecção imediata da máscara, ela deve ser colocada em um saco plástico ou de papel, bem fechado, e só abrir quando puder proceder com a desinfecção;

– Não deixar a máscara sobre mesas ou balcões pois isso facilita a contaminação do ambiente;

– Trocar a máscara quando a mesma começar a ficar úmida ou suja.

Como limpar a máscara

A higienização correta da máscara é importante para que a mesma não se torne um foco de infecção da covid-19. Siga as instruções abaixo para realizar a limpeza.

– A máscara deverá ser imersa em solução que contenha 50 ml de água sanitária por litro de água (hipoclorito de sódio) por 15 minutos;

– Após o tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente, lavar com água e sabão. Em seguida, coloque a máscara para secar;

– Após lavar a máscara, higienize as mãos com água e sabão;

– Após secagem da máscara, passe a máscara com ferro quente;

– A máscara deve ser guardada em um saco plástico, sem contato com outros tecidos ou superfícies;

– A máscara deve estar totalmente seca para sua reutilização.


Edição: Fernando Costa
Foto e informações: Prefeitura de Joinville