UFSC suspende aulas presenciais a partir desta segunda-feira

O comitê multidisciplinar formado desde o início do mês na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reuniu-se pela terceira vez e, neste domingo (15), suspender todas as atividades de ensino presencial (aulas) em todos os campi da instituição a partir desta segunda-feira (16). Os Restaurantes Universitários (RUs) e a Biblioteca Universitária (BU) serão fechados a partir de terça-feira (17). A restrição é por tempo indeterminado e pressupõe que novas ações possam ser adotadas no decorrer dos próximos dias.

Recomenda-se que a comunidade estudantil mantenha-se em casa e evite buscar os serviços de saúde, com exceção dos casos de real necessidade.

“É importante que as Direções de Unidades e os colegiados de curso se organizem, de forma não presencial, de preferência, para definir medidas estratégicas do uso de tecnologias de ensino a distância neste momento peculiar”, salientou o reitor Ubaldo Cesar Balthazar.

A universidade informa que não há comunicação de casos suspeitos ou confirmados que sejam relativos à comunidade da UFSC. “Mas as medidas de maior contenção são essenciais neste momento, para que a nossa comunidade não seja mais um fator estressor no sistema de saúde pública de Santa Catarina”,ressaltou o chefe de Gabinete, Áureo Mafra de Moraes.

A pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas, Carla Burigo, trouxe informações a respeito das possibilidades de afastamento do ambiente de trabalho das pessoas consideradas em grupos vulneráveis (cardiopatas, pneumopatas, nefropatas, diabéticos, oncológicos, e imunossuprimidos em geral), além de maiores de 60 anos. Outras medidas possíveis de como a realização de tarefas a distância serão estudadas para os setores administrativos da instituição.

“Decidimos que o melhor é dar aos nossos técnicos e docentes com mais de 60 anos a opção de permanecer em suas casas buscando a sua preservação e a de sua família. Estamos suspendendo as capacitações, afastamentos para pós-doutorado ou participação em eventos que impliquem em viagens, pelo menos pelos próximos meses”, declarou. A realização dos concursos será avaliada nos próximos dias.

Os servidores que desejarem pedir o seu afastamento preventivo, em virtude da pandemia, deverão encaminhar seus laudos médicos para que sejam avaliados pela Junta Médica Oficial. De acordo com as informações da equipe técnica, os trabalhadores que não se encaixam nessas especificações de grupo de risco, devem observar a distância mínima de um metro entre as estações de trabalho, evitar aglomerações e a realização de reuniões presenciais. Além disso, manter os locais de trabalho arejados e com ventilação natural, lavar as mãos com frequência e utilizar álcool em gel quando não é possível lavar as mãos.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: UFSC