Editora joinvilense lança obra do escritor argentino César Aira

A novela “Dante e Reina”, do escritor argentino César Aira, chega ao Brasil em março, traduzida pelo catarinense Joca Wolff e editada pela joinvilense Micronotas.  Lançada em 1997 e reeditada em 2009, na Argentina, a obra inédita no Brasil traz a história do casal Dante e Reina (ela uma mosca, ele um cão) em uma Buenos Aires distópica.

Aira tem mais de 80 livros publicados, a maior parte por editoras pequenas e independentes, como a Micronotas, que tem 16 livros publicados desde 2017. Mais da metade é de autores catarinenses e em baixas tiragens. “Trazer ao Brasil um livro de Aira faz todo o sentido nesse contexto, porque na Argentina ele escolhe também as pequenas editoras independentes como casas para suas publicações. Fico muito honrada e contente”, conta Katherine Funke, jornalista e multi-artista joinvilense à frente do projeto editorial.

“Nossa conexão com a literatura latino-americana se fortalece um bocado dessa maneira também”, completa a editora, que já publicou um conto do uruguaio Horacio Quiroga no ano passado e vai publicar um livro de poesia do argentino Arturo Carrera neste ano.

A tradução para o português é assinada por Joca Wolff, professor de literatura na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e um apaixonado pela obra do argentino. Ele traduz títulos de Aira há cerca de dez anos, sendo “Dante e Reina” o sexto. Também traduziu uma série de textos breves do autor argentino, cedidos a revistas e pequenas editoras. “Há realmente uma imersão do tradutor no universo de Aira, e acho que vai render ainda mais frutos”, revela Katherine.

Foi o tradutor, aliás, quem apresentou Aira a Katherine, em uma disciplina de pós-graduação na UFSC. E ela também se apaixonou:

Katherine Funke

“Fiquei tentando ler o máximo possível, e de tanto ler, fiquei entendendo também o que nos une. Sou uma contadora de histórias que, além de atender às próprias demandas do ofício de escritora, precisa todo dia inventar um conto inédito para meu filho, que é um ouvinte muito exigente. Ele tem sete anos e me pede uma história nova, completamente nova, toda noite. Às vezes estou com sono e minhas histórias ficam, digamos, sem pé nem cabeça. Meu filho não reclama, ele me faz perguntas. O que isso tem a ver aquilo? É mais ou menos o que o leitor de Aira também tem de fazer, às vezes. Aira inventa histórias que podem mudar de rumo ou de gênero no meio, confundindo de propósito categorias como ensaio, romance, novela, conto, poesia e biografia. A busca do sentido desses relatos imprevisíveis é uma tarefa incessante que o leitor atento realiza com gosto. E quem conta, inventa, se diverte muitíssimo também. Imagino o Aira sorrindo enquanto escreve à mão suas novelitas, como um pianista que desliza improvisos fantásticos sobre o teclado, e acho essa ideia muito charmosa.”

A vasta obra de Aira, que nasceu em 1949, transita por diversos gêneros. De acordo com o material de divulgação da editora, “Dante e Reina” é uma das mais transgressivas em termos de linguagem, “na qual desfilam todas as obsessões do escritor: a fábula e a filosofia, o tempo e a realidade, a sátira e o mal-entendido, a violência e o surrealismo, a arte e a miséria, o casamento e a verossimilhança”.

Preço especial de pré-venda

A nova edição tem formato de bolso (12×18 cm), 92 páginas e ilustrações de Fábio Abreu. Está em pré-venda desde o dia 17 de fevereiro, com preço especial de R$ 36 reais e frete grátis. A promoção vai até terça-feira (3), quando a editora começa a enviar os primeiros exemplares. Para encomendar, basta enviar um email para [email protected]. O pagamento pode ser feito por PayPal ou depósito bancário.

Lançamentos

A festa de lançamento em Florianópolis, cidade-sede do tradutor, ainda não está agendada. Mas já está marcada, para 4 de abril, 10h30, uma comemoração do lançamento em Curitiba, na livraria Arte & Letra, com a presença de Joca Wolff.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Mario Lack/Pontificia Universidad Católica del Perú (PUCP)