Dois meses depois do lançamento, “Bacurau” estreia em Joinville

As centenas de comentários e compartilhamentos em nossa matéria sobre “Bacurau” em Joinville evidenciaram uma coisa. A sessão única no Sesc, marcada para a próxima quarta-feira (13), seria muito pouco para o público joinvilense. Mas isso não é mais problema.

Cartaz no Cine Uniplex, em Joinville – Foto de Rodrigo Mahbub Santana

Estreou nesta quinta-feira (7), no Cine Uniplex, no Shopping Cidade das Flores, o filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. “Bacurau” tem uma sessão diária, às 21h45, de segunda à sexta-feira. No sábado e no domingo são duas: às 14 horas e às 21h45.  Os ingressos custam R$ 14.

O filme, que se passa em um futuro próximo, conta a história de Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco que some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável? Eis a questão.

Com um elenco nacional e internacional, como Sonia Braga, Silvero Pereira, Barbara Colen e Udo Kier, tem a força em seus personagens. “Um enredo simples e personagens imensos”, destaca Vincent, ressaltando que tudo é alegoria. Para Frazão, “um filme sobre resistência e de resistência”. O crítico Pablo Villaça afirma que o filme é sobre o Brasil de Bolsonaro. Para Marcelo Hessel, do Omelete, o filme colocou o Brasil novamente na vanguarda das artes.

Co-produção entre Brasil e França, “Bacurau” venceu o Prêmio do Júri no Festival de Cannes e de Melhor Filme no Festival de Munique. Tem 2h10 de duração, classificação indicativa de 16 anos e já foi visto por quase 700 mil pessoas em todo o Brasil.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Victor Jucá/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *