Fluminense vence o JEC e segue na briga por classificação na Copa SC

O Fluminense se tornou o primeiro time da cidade a vencer o Joinville. Superior durante os 90 minutos, o Tricolor do Itaum venceu por 3 a 1. O resultado fez o Flu entrar no G4 e complicou a situação do JEC, que terminará a rodada eliminado se o Brusque vencer o Almirante Barroso.

O jogo começou em um ritmo frenético. Logo aos cinco minutos, Marcos Brazion recebeu belo lançamento, dominou na frente do goleiro e abriu o placar para o Joinville. Porém, o Flu não se abalou com o gol. Sete minutos depois, Weslley limpou a defesa e acertou um belo chute de fora da área para empatar. Sétimo gol do atacante, artilheiro isolado do campeonato. O camisa 11 do Fluminense foi o principal nome do primeiro tempo. Pelo lado esquerdo, ele infernizou a defesa do Joinville. Ele e Alexandre Alemão tiveram chance de virar o jogo, mas pararam em Dalberson. O JEC teve uma chance com Rubens, mas o goleiro Leineker evitou o gol.

No segundo tempo, o Tricolor do Itaum virou o jogo logo aos três minutos. Luiz Menezes aproveitou vacilo da zaga e colocou o Fluminense na frente. A partir dai o time recuou e passou a apostar nos contra-ataques. Nervoso, o JEC não conseguia criar jogadas. O técnico Pedro Medeiros foi para o tudo ou nada, colocando Jean e Luquinhas no lugar de Diego e Trindade. Porém, a mudança não surtiu efeito. O JEC até foi para cima do adversário, mas sem organização.

Aos 25 minutos, o lance mais polêmico do jogo. Renan Guedes cruzou da direita e Marcos Brazion cabeceou. O goleiro Leineker fez a defesa próxima a linha. Os jogadores do JEC pediram que o árbitro desse o gol, o que não aconteceu.

Aos 41 minutos, Campestrini fez pênalti em Luiz Menezes, levou o segundo amarelo e foi expulso. Weslley bateu e Dalberson pegou. Na sequência, o Flu cobrou o lateral na área e Luiz Menezes fez o terceiro de cabeça. Antes do fim do jogo, André Baumer e Eduardo se desentenderam e também levaram o vermelho.

Com o resultado, o Fluminense chegou aos 16 pontos e assumiu a quarta colocação. Já o Joinville segue em sexto, com 11 pontos. Agora ambos torcem contra o Brusque, que enfrenta o Almirante Barroso neste domingo (20). Se a equipe do Vale do Itajaí vencer, ultrapassa o Flu e elimina matematicamente o JEC.

No próximo final de semana, o Fluminense visita o Tubarão, enquanto o Joinville visita o Brusque.

Ficha técnica

Joinville 1 x 3 Fluminense 
Arena Joinville – Copa Santa Catarina – 12ª rodada
Público: 1.084 pessoas
Renda: R$ 3.590,00
Arbitragem: Diego da Costa Cidral, auxiliado por Diogo Berndt e Antonio Lourival da Luz

Joinville: Dalberson; Renan Guedes, Campestrini, André Baumer e Gustavo; Trindade (Luquinhas); Chrystian (Romário), Marcos Brazion, Lucas de Sá e Diego (Jean); Rubens. Técnico: Pedro Maradona

Fluminense: Leineker; Luiz Henrique, Weslei Macarrão, Cassiano e Victor; Eduardo, Carlos Pelé (Julio), Luiz Meneses (Willian Pulga) e Murilo (Waguinho); Weslley e Alexandre Alemão. Técnico: Joaquim Fernandes

Gols: Marcos Brazion (J), aos 5’/1º, Weslley (F), aos 12’/1º, Luis Menezes (F), aos 3’/2º e aos 42’/2º

Texto: Vitor Forcellini
Foto: Yan Pedro/JEC