JEC conta com reforços para encarar o Marcílio em Itajaí

O Joinville vive um momento conturbado na Copa Santa Catarina. Após duas derrotas seguidas, a equipe pela primeira vez saiu de campo vaiada desde o início da competição. Nesta quarta-feira (16), às 20h30, o Tricolor tem pela frente o líder do torneio, o Marcílio Dias. Para tentar superar o Marinheiro fora de casa, o JEC conta com reforços.

Três dos quatro atletas que estavam no Departamento Médico voltam ao time. Marcos Brazion, Lucas de Sá e Luquinhas estão entre os relacionados para a partida em Itajaí. Apenas o zagueiro Karuzzo, em transição, segue fora. Além dele, Matheus Marques, que viajou com o time Sub-17, também desfalca o Tricolor.

O técnico Pedro Medeiros não deve fazer grandes alterações na equipe. A tendência é que Lucas de Sá retome seu lugar no time titular. Brazion também deve atuar, começando o jogo ou entrando ao longo da partida. Chrystian, que atuou bem nas últimas partidas, deve ser mantido no onze inicial.

Já classificado, o Marcílio busca garantir a primeira colocação, para ter vantagem do mando de campo nas semifinais e finais. Para o duelo contra o Coelho, o técnico Paulo Foiani não terá o atacante Lauder, suspenso pelo terceiro amarelo, e o meia Daniel Pereira, poupado. Um dos artilheiros do time, David Batista retorna de lesão e deve estar à disposição no banco de reservas. O treinador ainda tem duvida se Nathan Ferreira estará apto para jogo. O atacante deixou o clássico contra o Almirante Barroso com bolhas no pé e não treinou desde então.

No primeiro turno as duas equipes se enfrentaram na Arena e o Marcílio venceu por 3 a 2, com um gol nos minutos finais. O JEC havia acabado de buscar o empate após estar perdendo por 2 a 0, mas sofreu o terceiro gol em falha defensiva.

Atualmente o Tricolor ocupa a quinta colocação, com 11 pontos. O time briga com Brusque, quarto colocado com 13 pontos, e Fluminense, sexto com 10 pontos, por uma vaga no G4 da Copa SC. Já o Marcílio Dias lidera com 24 pontos, quatro a mais que o Avaí e cinco a mais que o Tubarão. Restam apenas quatro rodadas parra o fim da primeira fase.

Texto: Vitor Forcellini
Foto: Yan Pedro/JEC

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *