Joinville empata com Athletico no último teste antes da Copa SC

O JEC segue sua preparação para a Copa Santa Catarina. Na manhã deste sábado (31), o Tricolor empatou com o Sub-20 do Athletico Paranaense em 1 a 1. Foi o último jogo-treino antes da estreia na Copinha, marcada para o domingo (8), diante do Figueirense, em Florianópolis.

A primeira formação usada pelo técnico Pedro Maradona tinha a seguinte escalação: Dalberson; Lucas Sena, Guilherme, Baumer e Matheus Marques; Leandro Bulhões, Roberto e Diego; Marcos Brazion, Chrystian e Jean. A primeira etapa foi muito equilibrada, mas o Joinville foi quem teve as melhores chances. Porém, nenhuma das equipes balançou as redes.

No intervalo, Pedro Maradona colocou Claysson e Romário em campo e o Joinville logo abriu o placar. Leandro Bulhões aproveitou a sobra na área e bateu colocado, aos três minutos de jogo. Aos 10 minutos o Athletico empatou. Após cruzamento, Afonso aproveitou falha da defesa e marcou, 1 a 1. Durante a segunda etapa, ambos os treinadores mudaram bastante as equipes. No Tricolor, apenas Lucas Sena não saiu.

Pedro Maradona avaliou a atuação da equipe na partida. “Achei que a equipe teve uma postura bem diferente da que nós tivemos no jogo de quarta-feira, principalmente no primeiro tempo. No balanço das linhas a gente conseguiu neutralizar as jogadas do Athletico. Sabemos que mesmo sendo uma equipe Sub-20, o trabalho que eles desenvolvem é de excelência. Nossa equipe conseguiu impor um ritmo de jogo, ao nosso ver, satisfatório, já que o adversário era qualificado”, afirmou.

Agora o Joinville se prepara para o duelo diante Figueirense, no domingo, no Orlando Scarpelli. Será a primeira partida da equipe na Copa SC

Chrystian sai lesionado e preocupa

Chrystian saiu lesionado ainda no primeiro tempo

O destaque negativo ficou por conta da lesão do meia Chrystian. No fim do primeiro tempo, o atleta se envolveu em uma disputa de bola e sentiu o tornozelo direito. Sentindo muita dor, o jogador foi substituído imediatamente. Após uma breve avaliação no vestiário, os médicos do Tricolor optaram por levar o meia para realizar exames em uma clínica especializada.

Texto: Vitor Forcellini
Fotos: Yan Pedro/JEC