Com 729 inscritos, Conferência da Cidade será realizada no Abel Schulz

A Conferência Municipal Extraordinária da Cidade de Joinville em 2019, que vai ocorrer no dia 1º de junho, das 8 às 12 horas, teve o local do evento mudado para o Ginásio de Esportes Abel Schulz, na rua Rio Branco, número 54, em frente ao Terminal de Ônibus, no Centro. O motivo da mudança é o grande número de inscritos, que chegou a 729 pessoas. O local planejado anteriormente, a Câmara Municipal de Vereadores, comporta apenas 250 participantes.

Durante o evento serão eleitos os representantes da sociedade civil organizada para composição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Joinville (CMDSJ), o “Conselho da Cidade”, para o mandato 2019-2022.

O Conselho será formado por 104 Conselheiros, entre titulares e suplentes. Serão disponibilizadas 64 vagas, para seis segmentos da sociedade: Movimentos Populares, Entidades Empresariais, Sindicatos dos Trabalhadores, Entidades Profissionais, Entidades Acadêmicas e de Pesquisa, Organizações não governamentais.

A assessora técnica do CMDSJ e coordenadora da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud), Juliete dos Santos, destaca a importância do respeito aos horários da programação para que os participantes não percam as eleições. “O credenciamento deve ser feito entre as 8 e as 9h15. Quem chegar após este período vai perder o direito do voto e participar apenas como expectador”, informa.

Além das eleições, em que os participantes vão eleger os representantes de cada segmento, também será realizada uma palestra sobre o tema “Desenvolvimento Urbano, Conselho da Cidade e o papel do conselheiro”. O evento é realizado pelo CMDSJ e pela Sepud.

Conselho da Cidade

O CMDSJ é regulamentado pela Lei Complementar 380/2012 e tem por finalidade propor diretrizes para o desenvolvimento municipal, com a participação social e integração das políticas que promovam o ordenamento territorial, a integração regional, a promoção socioeconômica sustentável, o transporte e a mobilidade urbana.

Os conselheiros são distribuídos em quatro Câmaras Setoriais – Ordenamento Territorial e Integração Regional, Promoção Econômica e Social, Qualificação do Ambiente Natural e Construído e Mobilidade Urbana – que se reúnem separadamente sempre que há necessidade de análise aprofundada do assunto de sua competência.

O trabalho dos conselheiros é voluntário e não é necessário conhecimento técnico específico. O mandato dura três anos e as reuniões ordinárias acontecem uma vez por mês, em data e horário a serem definidos pelos conselheiros.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Prefeitura