Joinville sofre mais uma derrota no NBB. Minas é o algoz da vez.

O começo de jogo do Joinville até foi animador, mas a equipe não conseguiu manter a consistência do primeiro quarto no restante do jogo e acabou sofrendo sua oitava derrota seguida no NBB, dessa vez para o Minas, por 89 a 80.

O time de Belo Horizonte estava desfalcado de seu atleta mais renomado. Leandrinho ainda se recupera de uma virose e não atuou em Joinville. Mesmo assim a equipe fez uma grande partida e comandada pelo americano Coleman, conseguiu a vitória.

O melhor momento do Joinville foi no primeiro quarto, quando o time teve uma excelente produção ofensiva e com muita determinação conseguiu conter os mineiros na defesa. Socas e Mathias faziam uma boa partida e o time encerrou os 10 minutos iniciais vencendo por 26 a 21.

No segundo quarto os problemas com os pivôs voltaram a assombrar o time catarinense. André Bambu, lesionado, não atuou e no segundo quarto Mathias chegou a terceira falta no jogo. Foi então que os americanos do Minas aproveitaram para aparecer no jogo. Bob e Coleman somaram 16 pontos no quarto e foram os grandes responsáveis pela virada mineira. O Joinville fez apenas 10 pontos no quarto e acabou indo para o vestiário atrás no placar, 47 a 36.

Os donos da casa ficaram muito tempo no vestiário e o reinicio de jogo atrasou. A longa conversa pareceu ter surtido efeito, pois o time voltou mais ligado. Felipe Vezaro chamou a responsabilidade e com oito pontos tentou colocar o time no jogo de novo. Mas do outro lado o trio Jefferson, Coleman e Wesley estava imparável. Toda vez que o Joinville ameaçava encostar, o Minas tirava boas jogadas da cartola para frear o ímpeto dos mandantes. Na base da experiência, os visitantes mantiveram uma vantagem segura para o quarto decisivo, 67 a 53.

Nos 10 minutos finais o Joinville voltou a viver um bom momento na partida. Starks e os irmãos Vezaro somaram 20 pontos e a equipe chegou a diminuir a diferença para um dígito. Mas novamente a experiência do Minas falou mais alto. No momento mais crítico do jogo, Coleman e Gegê acertaram bolas do perímetro e acabaram com qualquer chance do Joinville vencer o jogo.

Coleman foi o cestinha da partida com 26 pontos e Wesley atingiu um double-double com 15 pontos e 11 rebotes. Pelo lado joinvilense, Vezaro foi o cestinha com 16 pontos e ainda pegou oito rebotes, assim como Socas. Mathias também foi muito elogiado pelos torcedores. O pivô fez 12 pontos, pegou cinco rebotes e deu quatro tocos.

Danial Lazier lamentou mais uma vez os problemas que teve no garrafão. “Uma derrota doída. De novo não conseguimos defender e sofremos com a situação dos pivôs. É frustrante demais, mas não podemos parar de tentar. Hoje tivemos a situação do bambu que não pode jogar. Mathias fez um bom jogo, mas infelizmente a gente não conseguiu impedir que eles pontuassem no garrafão”, explicou.

O próximo confronto do Joinville será contra o Flamengo, na quinta-feira (24), no Centreventos. Já o Minas visita o Mogi já na segunda-feira (21).

Texto: Vitor Forcellini
Foto: Julio Cesar/AABJ 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *