Joinville lança campanha de combate ao racismo

Na próxima terça-feira (7), às 19 horas, ocorre o lançamento oficial da campanha Joinville contra o Racismo, no Plenarinho da Câmara de Vereadores de Joinville. A campanha é uma ação da Prefeitura de Joinville, através da Coordenadoria de Políticas para Juventude, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial, e do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR).

A campanha visa ressaltar que racismo é crime e também orientar as pessoas que se sentirem discriminadas a denunciar. Em todos os seus materiais, como cartazes, vídeo e adesivos, a campanha destaca também os canais de denúncia de racismo: o Disque 100 e a delegacia mais próxima.

Uma blitz de combate ao racismo nos semáforos da região central de Joinville e sensibilização sobre o tema nas escolas da cidade são algumas das ações da campanha neste mês de novembro, o mês da Consciência Negra.

“Pretendemos envolver nessa campanha os órgãos públicos, equipes esportivas e a comunidade em geral”, disse Paulo Junior, coordenador de Políticas para Juventude, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial.

Para o secretário de Comunicação da Prefeitura, Marco Aurélio Braga, a questão do racismo precisa ser discutida por toda a sociedade.

“Precisamos de números e dados que possam nos servir de base para a elaboração de políticas públicas e a Semana da Consciência Negra é muito importante para darmos esse passo à frente. Já evoluímos em várias questões, mas precisamos mostrar à sociedade que a questão deve ser discutida de forma mais ampla, envolvendo todos os órgãos, não apenas a Prefeitura, mas toda a sociedade”, afirmou.

Semana da Consciência Negra

O lançamento oficial da 9ª Semana da Consciência Negra de Joinville ocorreu na segunda-feira (30), no Mercado Público Municipal, em solenidade que reuniu representantes de diversas entidades e órgãos envolvidos no evento. A programação se estenderá durante todo o mês de novembro e contará com palestras, saraus, apresentações culturais, atos públicos, sessões de cinema e cursos, que acontecerão em diversas escolas, casas de santo, Câmara de Vereadores, Universidade de Joinville (Univille) e locais públicos, como a praça da Bandeira e o Cemitério dos Imigrantes.

“É importante levarmos ao conhecimento da comunidade o que é a cultura afro. Durante o ano, fazemos oficinas de dança, percussão, artes, culinária, palestras nas escolas, enfim, diversas atividades que visam combater o racismo e a intolerância religiosa”, explicou Jacila Barbosa, presidente da Casa Vó Joaquina, entidade que realiza o evento junto à prefeitura.

Programação

As atividades oficiais ligadas à Semana da Consciência Negra ocorrem de 4 a 30 de novembro. Confira a programação completa no site da prefeitura.

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Secom Joinville