Joinville encerra participação no estadual de basquete feminino e cogita Liga Nacional

Após conquistarem a classificação no último jogo da 1ª fase, as meninas da Sociedade Ginástica de Joinville (SGJ) foram até Florianópolis disputar o quadrangular semifinal do Campeonato Catarinense de Basquete. Foram três jogos em três dias e, ao final, as joinvilenses terminaram na quarta posição do grupo.

Na sexta-feira (22), a equipe de Joinville estreou contra o Salesiano, de Itajaí. A partida não foi boa e elas acabaram derrotadas por 70 a 34. Porém, o sábado (23) trouxe a primeira vitória para Joinville. Encarando o Avaí, donas da casa, as meninas fizeram um jogo muito equilibrado, vencendo por 55 a 54.

No último dia de competições, o time ainda almejava uma vaga na fase final do estadual. Porém, a derrota por 62 a 48 para a equipe de Rio do Sul acabou com qualquer chance de classificação. No computo final, Joinville acabou o estadual na sexta posição, atrás de Blumenau e Chapecó, já previamente classificadas para a fase final. Salesiano e Rio do Sul, que garantiram participação no quadrangular decisivo, além do Avaí, quinto colocado, ficaram a frente das joinvilense na tabela.

Participação na Liga de Basquete Feminino

Técnico da equipe e responsável pelo basquete feminino na SGJ, Fabiano Borges nunca escondeu seu desejo de que a equipe de Joinville disputasse a Liga Nacional. Porém, ele afirmava que era um projeto de longo prazo e que o primordial em 2017 era consolidar a modalidade na cidade.

As coisas começaram a mudar quando a Liga de Basquete Feminino (LBF) organizou um evento para apresentar o projeto da entidade para a temporada 2018. A intenção da Liga era angariar novas equipes para a competição, que hoje conta com apenas seis participantes.

Fabiano esteve presente e, em entrevista ao site da LBF, se mostrou simpático a proposta. “As ideias da LBF viabilizam bastante a participação de novas equipes. O nosso projeto inicial era participar mais para a frente, mas conforme a gente vem conversando com a equipe da LBF, ficamos bem empolgados para buscar mais patrocínios. Temos uma rivalidade sadia com Blumenau e isso incentiva ainda mais a participação”, afirmou.

Para ingressar no campeonato, é preciso arrecadar R$ 400 mil até o dia 30 de outubro, prazo final determinado pela a Liga. Negociações com a prefeitura e com possíveis apoiadores já foram abertas. A princípio, o ginásio Abel Schulz serviria como sede dos jogos da equipe. O campeonato está previsto para começar no dia 8 de janeiro de 2018.

Texto: Vitor Forcellini
Foto: Sociedade Ginástica de Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *